Quixeramobim registra rajada de vento de quase 70 km/h

Durante os meses de agosto e setembro o Ceará registra período de ventos mais intensos

Na temporada com característica de ventos fortes no Ceará, o município de Quixeramobim, no Sertão Central, registrou uma rajada de vento de 68,7 km/h na tarde deste domingo (8), conforme verificado pela rede de Plataformas de Coleta de Dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). 

O fenômeno pode ser cientificamente classificado como ventania, conforme a escala de Beaufort, que tipifica o aumento repentino do vento. Como consequência é possível observar mar revolto com ondas de até cinco metro de altura, assim como quebra de galhos de árvores. 

Outro município cearense também apresentou uma forte rajada de vento. Em Jaguaruana, na Região do Jaguaribe, a velocidade alcançada chegou a 60,1 km/h, entre as 14h e 16h deste domingo. Em Fortaleza, o ápice dos ventos foi de 42,12 km/h, em um intervalo de 24 horas. 

Período de ventos

Durante os meses de agosto e setembro costuma acontecer a temporada de ventos mais intensos no Ceará. Dentre os fatores que contribuíram para o fenômeno neste ano, desde maio, quando terminou o principal período chuvoso, estão a redução na nebulosidade, bem como o deslocamento do Sistema de Alta Pressão Atmosférica do Oceano Atlântico Sul em direção ao Nordeste brasileiro. 

"Nesta época do ano, o Ceará fica 'no meio do caminho' entre a alta pressão do Atlântico Sul e a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), fazendo com que os ventos alísios fiquem mais intensos e constantes", explica o meteorologista da Funceme David Ferran.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará