Marcenaria pioneira

Mercado de portas e janelas de madeira cresce no Interior. Há 28 anos no ramo, Ita Portas celebra bom momento

Fortaleza. Quando não se imagina que uma das profissões mais antigas do mundo - a de marceneiro - possa evoluir a ponto de, mais uma vez, voltar a ficar em alta no mercado, sobretudo no Interior do Estado, eis que chega a notícia de que não existem profissionais suficientes para dar conta de tanto serviço.

Segundo o proprietário da Ita Portas, Zé das Portas, em residências de cada rua ou avenida do município há um pouco do seu trabalho de marceneiro

Zé das Portas, como é mais conhecido o marceneiro José Lima dos Santos, é um dos pioneiros no segmento em Itapipoca. Há 28 nos, montou a marcenaria ItaPortas. "Comecei muito novo trabalhando dois ou três anos. Aprendi tão rápido, que, aos 20 anos de idade já tinha o meu próprio negócio", conta.

Segundo ele, atualmente, só na Ita Portas, já são oito funcionários, e não faltam pedidos. "Olha, tem dia que a gente não tem como dar conta de tanto trabalho. Os pedidos são muitos realmente e o mercado está aquecido nessa área", confessa.

Construção civil

Como parte de uma cadeia econômica que vem crescendo, Zé das Portas acredita que o bom momento da construção civil e, por conseguinte, a boa fase do mercado imobiliário, são os combustíveis para o aumento identificado por portas e janelas.

Segundo ele, todas as marcenarias da cidade estão assoberbadas de pedidos, mas que, no caso da Ita Portas, estão sendo todos atendidos. "Funcionamos de segunda a sábado. Essa foi a minha primeira e única profissão e estou contente com o bom momento dela", conta, ressaltando que perde as contas de quantas portas e janelas são concluídas diariamente. "Não tem como saber porque são muitos processos variados. Trabalhamos bastante para atender da melhor forma e tem funcionado", completa.

Outras cidades

O ramo da marcenaria vai muito bem obrigado, principalmente na região de Itapipoca e adjacências. "Vendo para clientes em Amontada, Trairi, Acaraú, Santana do Acaraú, Uruburetama, Miraíma. Já fizemos trabalhos até para Sobral e Fortaleza", diz.

Conforme o empresário, a ITA Portas cresceu para acompanhar esse momento de pujança do mercado. "Hoje em dia, nós recebemos carretas com madeira maracatiara, também chamada de muiracatiara, que é o nome mais correto, na verdade, que vem do Pará e de Rondônia.

Temos maquinário e pessoal qualificado para cortar essa madeira e desmanchá-la em pouco tempo", comenta, ressaltando que sua função, atualmente, remete-se mais à parte administrativa do negócio.

Boca a boca

Esquadrias de madeira, portas, mesas, janelas, entre outros objetos são o carro-chefe na linha de fabricação da Ita Portas. Segundo ele, a loja ficou conhecida graças ao trabalho de qualidade e à competência de profissionais da construção civil, que o indicavam e continuam o recomendando para os clientes.

"Itapipoca é uma cidade em que se constrói todos os dias. Devo muito aos construtores, pedreiros, mestres de obra, que gostam do nosso serviço e acabam nos indicando. Eles são nossa melhor propaganda", conta, com a certeza de que quase em todas as residências ou estabelecimentos comerciais do município há uma porta ou janela fabricada na Ita Portas.

"Em toda rua, em todo o beco de Itapipoca, pelos quatro cantos dessa cidade, estamos presentes", sorri Zé das Portas.

Mais informações
Marcenaria Ita Portas
Avenida Anastácio Braga, 3565, Bairro Cacimba, Itapipoca - Ceará
Telefone (88) 3631.1934

ILO SANTIAGO JR.
SUBEDITOR
Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará