Madalena e Acopiara são as cidades que receberam menos chuva em 2019, segundo a Funceme

Dados preliminares divulgados pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) levam em conta o período de janeiro a 16 de abril

Legenda: O município da região central do Ceará ficou 52,3% abaixo da média de chuvas no período.
Foto: Foto: Alex Pimentel/Agência Diário

Madalena e Acopiara foram as cidades cearenses que menos receberam chuva em 2019. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (17) pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) e considera o período que compreende o mês de janeiro até o dia 16 de abril deste ano.

No período, foram registrados 290,5 milímetros em Madalena - quando o normal é 608,9 -, e 306,7 milímetros em Acopiara, onde o esperado para o mesmo período é 759,7 milímetros. O desvio em relação à média é de 52,3% e 59,6% respectivamente. 

Tauá, no Sertão dos Inhamuns (316,1 mm), Itatira, no Sertão Central (323,6 mm) e Saboeiro, na Região Central (325,9 mm) foram as outras três cidades que entraram na estatística negativa de chuvas.

Previsão 

O Ceará segue com previsão de nebulosidade variável com eventos de chuva no litoral, no Maciço de Baturité e na Ibiapaba para esta quarta-feira (17). No Sertão Central e Inhamuns, devem ocorrer chuvas isoladas. E, nas demais regiões, há possibilidade de chuva. A análise foi realizada na manhã desta quarta-feira pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme).

Você tem interesse em receber mais conteúdo da região do Ceará?