Fãs dos Beatles lotam a Cidade Jazz & Blues durante show em tributo a George Harrison

De diferentes partes do Ceará, admiradores do legado do artista inglês puderam conferir clássicos, como “Here Comes The Sun” e “My Sweet Lord”

Legenda: Fãs dos Beatles lotam Guaramiranga durante show em tributo a George Harrison
Foto: Diego Barbosa

As costumeiras cadeiras presentes em toda a extensão à frente do palco principal do Festival Jazz & Blues foram retiradas especialmente para o show “George Harrison em Blues”, última atração da segunda noite do evento em Guaramiranga, neste domingo (3). Todo o público ficou em pé, abrindo espaço para que dançassem, pulassem e relembrassem canções clássicas do repertório do ex-Beatle, a exemplo de "Here Comes The Sun” e “My Sweet Lord”.

A apresentação foi comandada por Felipe Cazaux, Roberto Lessa, Rafael Balboa, Marcio Holanda, Eduardo Neves, Kildare Rios e Marcelo Holanda. Juntos, o time de peso embalou os presentes com um repertório que mesclou tanto as músicas da carreira solo de George Harrison (1943-2001) quanto as que o músico assinou ainda com os Beatles.

As namoradas Maria Muniz, 34, e Arianne Silva, 22 anos, de Barreira, município do Maciço de Baturité, vieram exclusivamente ao festival para o acompanhar o tributo ao artista. "Sou fã desde o útero da mãe", diz Maria. “Dos quatro Beatles, ele é o que tinha a parte religiosa mais forte, pregando o amor, a paz. Tanto é que a última frase que ele disse foi ‘amai-vos uns aos outros’”, conta a fã. Antes do show, a torcida era para que “Sweet Lord” e “Give Me Love” fossem tocadas. Pedido atendido.

Legenda: Namoradas Maria Muniz, 34, e Arianne Silva, 22 anos, de Barreira, vieram exclusivamente ao festival para o acompanhar o tributo ao artista.
Foto: Diego Barbosa

Podendo ser visto com passinho miúdo na plateia durante as músicas mais agitadas, o arquiteto Nelson Neves, de 72 anos, era todo alegria por presenciar aquele momento. “Amo os Beatles, não tinha como não vim a esse show”, contou, em meio ao som forte da bateria no palco.

Já a cantora Alice Brasil, de 33 anos, veio acompanhada do namorado, o guitarrista Diego Landim. De Fortaleza, ambos compareceram pela segunda vez no evento, e foram também só contentamento por entoar canções como “Something” e “Old Brown Shoe”.

A instrutora Ana Nery, de 40 anos, vai na mesma direção do casal. Há 17 anos acompanhando o Jazz & Blues, ela se destaca de Limoeiro do Norte apenas para conferir os shows em tributo ao quarteto de Liverpool. “Não dá pra perder jamais”.

Uma noite para ficar na memória dos apreciadores da música que se reinventa e atinge os mais diferentes públicos e gostos.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará