Entrada de comunidade na Praia de Balbino, em Cascavel, é bloqueada por moradores

A ação tem como objetivo garantir o cumprimento dos decretos Estadual e Municipal e evitar a disseminação do novo coronavírus

Legenda: Utilizando máscaras hospitalares, os habitantes orientam os visitantes a retornarem para suas casas, como forma de prevenir a disseminação do coronavírus
Foto: Foto: Divulgação

Após observaram a presença de banhistas e turistas na praia de Balbino, no município de Cascavel, a 60 Km de Fortaleza, grupos de moradores se reuniram para bloquear a entrada da comunidade local na última terça-feira (24). Utilizando máscaras hospitalares, os habitantes orientam os visitantes a retornarem para suas casas, como forma de prevenir a disseminação do coronavírus. 

A ação é promovida pela Associação dos Moradores do Povoado de Balbino, e visa garantir o cumprimento do Decreto Estadual nº 33.510/2020 e do Decreto Municipal nº 010/2020. De acordo com Francisco de Assis Ferreira, vice-presidente da associação, o bloqueio será mantido enquanto os decretos permanecerem em vigor. 

“Ontem tinham umas 30 pessoas na entrada, hoje são 15. A gente se reveza e toma todos os cuidados, usando máscara, álcool em gel, fazendo a higiene. Uma viatura da Polícia Militar esteve aqui ontem também, para ajudar”, relata Francisco de Assis. 

Legenda: O bloqueio será mantido enquanto os decretos permanecerem em vigor.
Foto: Foto: Divulgação

Ele afirma que os visitantes têm atendido ao pedido dos moradores, e que não houve problema até o momento. A medida elaborada em conjunto pela associação permite, porém, a entrada de veranistas que possuem imóveis, vendedores de água, gás e alimentos.

“É pra sensibilizar as pessoas sobre esse risco pra saúde. A gente tem consciência, explica. Claro que se for alguma necessidade, pode passar. Mas quando é pra passear, ir na praia, a gente fala”, esclarece. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará

Assuntos Relacionados