Defesa Civil monitora situação de comunidades ribeirinhas após nível de açude subir em Granja

A preocupação com as comunidades ribeirinhas aumentou depois da chuva de 180 mm registrada em Granja

Legenda: Açude de distrito de Granja sangra e causa risco aos moradores das proximidades da barragem.
Foto: Foto: Arquivo Pessoal

A Defesa Civil informou nesta quinta-feira (5) que monitora a situação dos moradores das áreas próximas à Barragem Lima Brandão, que fica em Granja, região norte do Ceará. A preocupação aumentou depois da chuva de 180 mm registrada entre quarta e esta quinta.

"A situação é de alerta e já tem uma equipe da Defesa Civil visitando os moradores das áreas ribeirinhas, orientando para saírem das casas. Estamos monitorando, mas no momento ainda não tem ninguém desalojado", conta o coordenador do órgão no município, Francisco Aquino.

No distrito de Pessoa Anta, a barragem Lima Brandão já está 2,5 metros acima do nível. Segundo a Defesa Civil da cidade, se o nível chegar a 3,5 metros acima, o risco é de alagar as áreas de casas da região.

O açude Gangorra já chega a 99,1% da capacidade e exista a expectativa para que o nível ultrapasse já nesta sexta-feira (6).

Até o fim do mês de fevereiro, o Ceará já tinha alcançado o maior número de açudes sangrando dos últimos nove anos.

10 maiores chuvas por posto no dia:

  1. Granja (Posto: Pessoa Anta) : 180.0 mm
  2. Quixeré (Posto: Quixere) : 110.4 mm
  3. Granja (Posto: Timonha) : 91.0 mm
  4. Potiretama (Posto: Canindezinho) : 80.0 mm
  5. São Benedito (Posto: Sao Benedito) : 72.2 mm
  6. Juazeiro Do Norte (Posto: Juazeiro Do Norte) : 67.0 mm
  7. Piquet Carneiro (Posto: Ibicua) : 65.0 mm
  8. São João Do Jaguaribe (Posto: Fazenda Logradouro) : 65.0 mm
  9. Iguatu (Posto: Iguatu) : 64.0 mm
  10. Uruoca (Posto: Paracua) : 63.4 mm
Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará