Ceará registra chuvas em 142 municípios entre quinta e sexta-feira

Maior volume foi computado na cidade de Quixeramobim, no Sertão Central, com 89 milímetros

Legenda: Nuvens com chuva no início da manhã desta sexta-feira na cidade do Crato
Foto: Marcelo Piancó

O Ceará registrou chuvas em 145 cidades entre as 7h de quinta-feira (14) e as 7h desta sexta-feira (15), de acordo com dados parciais da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), atualizados às 11h30. 

A maior precipitação ocorreu em Quixeramobim, no Sertão Central com 85 milímetros.  Houve chuvas também em Arneiroz (78,6 mm), Alcântaras (70 mm), Pentecoste (56,8 mm), Independência (56 mm) e Catarina (55 mm).

Na Grande Fortaleza, a maior precipitação foi em Pindoretama, com 50 mm, seguido de Maranguape, com 42 mm.

Em Fortaleza, o maior registro de chuva foi no Posto Pluviométrico do Castelão, com 16 mm. Segundo a Funceme, havia uma expectativa de mais chuva na Região Metropolitana, na manha desta sexta-feira, mas ela encostou somente pelo Aracati, no Litoral Leste.  A tendência para o resto do dia é de céu mais claro em relação a ontem. As áreas com cenário mais favorável são o Litoral Norte, Ibiapaba e o Sul do Ceará.

10 maiores chuvas por posto no dia:

  1. Quixeramobim (Posto: Paus Brancos) : 85 mm
  2. Arneiroz (Posto: Arneiroz) : 78, 6 mm
  3. Alcântaras (Posto: Alcantaras) : 70 mm
  4. Quixeramobim (Posto: Manituba) : 61 mm
  5. Quixeramobim (Posto: Sao Miguel) : 57 mm
  6. Pentecoste (Posto: Sebastiao De Abreu) : 56 mm
  7. Independência (Posto: Jandrangoeira) : 56 mm
  8. Catarina (Posto: Figueiredo) : 55 mm
  9. Aratuba (Posto: Aratuba) : 52 mm
  10. Lavras Da Mangabeira (Posto: Iborepi) : 52 mm

Previsão para o fim de semana

Para sábado (15) e domingo (16), predomínio de nebulosidade variável em todas as regiões com chuva isolada na região Jaguaribana. Nas demais regiões, eventos de chuva.

Açudes em estado crítico

Apesar das chuvas, a situação dos principais reservatórios do Estado é crítica. O Castanhão, principal reservatório a abastecer a Grande Fortaleza, tem apenas 2,45% da capacidade máxima. Já o Orós, segundo maior açude do estado, tem 4,78% do volume máximo.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará