Base metálica da estátua de Nossa Senhora da Penha, em Campos Sales, é finalizada

A escultura da padroeira do município será o segundo maior monumento religioso do Ceará. A ideia é inserir o "Cariri Oeste" na rota do turismo religioso cearense

Legenda: Quando concluída, a escultura da padroeira será a segunda maior do Estado.
Foto: Foto: Daniel Laureano

A base metálica que sustentará a estátua de Nossa Senhora da Penha, em Campos Sales, já está pronta. A estrutura foi feita em Juazeiro do Norte e será transportada amanhã (17) para ser integrada à estátua. A escultura de 26 metros de altura, que está sendo feita em Saboeiro, na região do Inhamuns, já ultrapassa 90% de avanço físico. A expectativa é que a obra seja inaugurada até o fim deste ano. 

Quando finalizado, o equipamento será o segundo maior monumento do Estado.

Iniciada em janeiro do ano passado, o projeto já ultrapassou mais da metade de avanço físico. Segundo o mestre de obras André Lima, a montagem da base de ferro deve ser concluída em aproximadamente 15 dias. Ainda neste mês, mais 15 homens devem reforçar os trabalhos de urbanização da área.  

A obra está dividida em três partes, executadas por três empresas diferentes: a construção da estátua, a urbanização e a instalação elétrica. O projeto inclui quiosques para os comerciantes, estacionamento e um anfiteatro. 

Investimento

A estátua ficará na zona rural de Campos Sales, distante apenas dois quilômetros do Centro da cidade. O investimento é de aproximadamente de R$ 1,45 milhão, com recursos do Governo do Estado e da Prefeitura. Cerca de 60% do terreno foi doado por uma família e o restante da área foi adquirido pelo Município, em 2017.  

A ideia é colocar o chamado “Cariri Oeste” na rota do turismo religioso cearense. O Mirante de Nossa Senhora da Penha se tornará o segundo maior monumento religioso no Ceará, pois, somado a base, alcançará 32 metros de altura, ficando atrás apenas da imagem de Nossa Senhora de Fátima (45 metros), em Crato, e superando as estátuas de São Francisco das Chagas (30,25 metros), em Canindé, e de Padre Cícero (27 metros), em Juazeiro do Norte. 

Fabricação

A estátua está sendo produzida em Saboeiro, a mais de 100 quilômetros de distância de onde será instalada. O responsável pelo monumento é o renomado escultor Pedro Pereira de Souza, 52, artista plástico autodidata que se especializou em imagens sacras. Aos 14 anos, seu trabalho já era reconhecido em São Paulo e no Paraná. Apesar de requisitado no Sul e Sudeste do País, decidiu fazer o caminho de volta e instalou seu ateliê na região dos Inhamuns. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre as regiões do Ceará

Assuntos Relacionados