Aulas de escola são suspensas após estudantes passarem mal ao inalar substância em Juazeiro do Norte

O Corpo de Bombeiros realizou uma inspeção no local e descartou a possibilidade de explosão, mas evacuou o prédio até que que a substância seja identificada

Legenda: Escola foi evacuada após aluno passarem mal
Foto: Foto: Lorena Tavares

Oito estudantes da Escola Municipal João Alencar se sentiram mal e foram atendidos em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) depois de inalar um forte cheiro vindo de uma obra de reforma que está sendo realizada no Estádio Mauro Sampaio, conhecido como Romeirão, em Juazeiro do Norte, no Ceará. As aulas foram suspensas nesta sexta-feira (8).

Após uma inspeção realizada no local, os bombeiros atestaram que não há risco de explosão, mas que preventivamente, a rede elétrica da escola foi desligada e o prédio precisou ser evacuado até que seja identificada a substância que chegou até às salas de aula.

De acordo com Socorro Moura, diretora do colégio, os oito alunos que passaram mal foram socorridos em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e ficaram em observação. Segundo uma aluna, ela viu a amiga desmaiar após sentir o odor vindo da obra. "Tá muito difícil desde a semana passada, a máquina grande tá produzindo essa substância", relata. 

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte por meio da Secretaria de Educação informou que solicitou a permanência dos alunos e funcionários no local até dezembro, tendo em vista que tanto governo federal quanto estadual realizariam uma avaliação no local.