Após tremores de terra, Quixeramobim recebe rede sismográfica

Cidade registrou vários tremores no início do mês de março

Legenda: Redes foram colocadas no distrito de São Joaquim
Foto: Sismos Nordeste

A cidade de Quixeramobim, no Sertão Central do Ceará, recebeu nesta sexta-feira (29), uma rede sismográfica. A instalação foi feita por técnicos do Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN). As duas primeiras instalações foram colocadas no distrito de São Joaquim e já estão em operação tendo sido registrados os primeiros eventos.

> Tremores de terra continuam no Ceará e assustam moradores de Boa Viagem e de Madalena

A cidade, assim como o município vizinho de Boa Viagem, registrou pelo menos sete tremores de terra somente entre os dias 18 e 20 de março As magnitudes dos tremores variaram entre 1,5 e 2,9, na Escala Richter. Apesar dos abalos, não há registros de feridos.

Tremores de terra

O LabiSis/UFRN registrou entre os dias 24 e 26 de março novos tremores de terra em Quixeramobim. Os eventos de maior magnitude, nos últimos três dias, ocorreram no dia 26. O primeiro ocorreu às 10h25 e teve magnitude estimada em 1,8. O segundo evento, de magnitude 2,5, ocorreu três minutos depois.  Esses eventos foram registrados por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.