Após tremores de terra, Quixeramobim recebe rede sismográfica

Cidade registrou vários tremores no início do mês de março

Legenda: Redes foram colocadas no distrito de São Joaquim
Foto: Sismos Nordeste

A cidade de Quixeramobim, no Sertão Central do Ceará, recebeu nesta sexta-feira (29), uma rede sismográfica. A instalação foi feita por técnicos do Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN). As duas primeiras instalações foram colocadas no distrito de São Joaquim e já estão em operação tendo sido registrados os primeiros eventos.

> Tremores de terra continuam no Ceará e assustam moradores de Boa Viagem e de Madalena

A cidade, assim como o município vizinho de Boa Viagem, registrou pelo menos sete tremores de terra somente entre os dias 18 e 20 de março As magnitudes dos tremores variaram entre 1,5 e 2,9, na Escala Richter. Apesar dos abalos, não há registros de feridos.

Tremores de terra

O LabiSis/UFRN registrou entre os dias 24 e 26 de março novos tremores de terra em Quixeramobim. Os eventos de maior magnitude, nos últimos três dias, ocorreram no dia 26. O primeiro ocorreu às 10h25 e teve magnitude estimada em 1,8. O segundo evento, de magnitude 2,5, ocorreu três minutos depois.  Esses eventos foram registrados por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.
 

Você tem interesse em receber mais conteúdo da região do Ceará?