Amor pelo verde

Projetos dentro e fora da sala de aula para crianças ajudam a formar cidadãos mais conscientes.

ambiente1
Alunos do Infantil 3 do Colégio Santa Isabel: observando os pequenos seres que habitam os jardins. Foto: Divulgação

A educação ambiental é importante em todas as fases escolares, mas é na infância que produz os melhores resultados. Além de despertar na criança o amor e o respeito pela natureza, ajuda a formar cidadãos mais conscientes sobre a importância do meio ambiente para a sociedade. Contudo, é importante que esse trabalho seja inserido no conteúdo curricular de forma lúdica e leve, despertando aos poucos a percepção dos pequenos para as belezas que existem nas árvores, nos bichos etc. "É importante que as crianças saibam onde estão vivendo para tornar o mundo cada vez melhor, um planeta sustentável, em que os nossos filhos, netos e bisnetos possam viver em harmonia com a natureza. Além disso, elas também podem levar essa mensagem para a família. Um simples 'não vamos jogar lixo no chão' já é relevante", observa o biólogo Felipe Braga Pereira, Coordenador do Núcleo de Educação Ambiental da Aquasis, ONG responsável por desenvolver ações e pesquisas para preservação da biodiversidade no Ceará.

No Colégio Santa Isabel, em Fortaleza, esses temas são trabalhados com as crianças da Educação Infantil por meio de diversos projetos. Um dos programas de destaque é o "Tem vida no jardim", que envolve os alunos do Infantil 3 (em torno dos 3 anos de idade) em atividades práticas e de observação dos jardins do próprio colégio. "Com atividades, brincadeiras e histórias, ensinamos as crianças a cuidarem da natureza. Fazemos rodas de conversa sobre o que elas viram, do que mais gostam, debatemos sobre o que tem vida e o que não tem e a partir daí exploramos os espaços verdes da escola, ressaltando a questão do cuidado com o ambiente", explica a professora Amanda Araújo Costa, do Infantil 3. 

ambiente2
Projeto "Tem vida no jardim" leva os alunos do Infantil 3 do Colégio Santa Isabel a desenvolvem o vocabulário e fazerem experiências científicas simples. Foto: Divulgação

Observação
Estimulando a participação ativa das crianças, as aulas do Infantil 3 levam os alunos a observarem os pequenos seres que habitam os jardins. "Eles aprendem sobre cada bichinho, porque não podemos machucá-lo. Todo detalhe chama atenção deles: 'tia, hoje caiu uma folha', 'hoje caiu uma semente no chão'. Dessa forma, vão exercitando esse sentimento", descreve a professora Amanda. "Outro dia, as crianças trouxeram frutas para o lanche e usamos as sementes para fazer mudas. Agora, todos os dias acompanhamos o crescimento das plantinhas. Isso desenvolve o cuidado dos pequenos com o meio ambiente", explica a docente. 

Para Felipe Braga Pereira, trabalhar a observação da natureza com as crianças traz benefícios para o próprio desenvolvimento delas. "Artigos científicos mostram que as crianças precisam ter momentos de atividades ao ar livre, onde tem muitos elementos bons para elas captarem, como pássaros, árvores e animais. Esse estudo prático é bastante absorvido por elas", diz o biólogo da Aquasis, que também gerencia programas de educação ambiental para crianças.

No Colégio Santa Isabel, cada série da Educação Infantil trabalha o tema de acordo com a idade das crianças. Graças ao projeto "Tem vida no jardim", os alunos do Infantil 3 do Colégio Santa Isabel também desenvolvem o vocabulário, aprendendo novas palavras, além de fazerem experiências científicas simples usando flores e  pigmentos naturais. Dessa forma, ampliam o amor pela natureza. "Até quem tinha medo de alguns bichos, como aranhas, agora começou a gostar. Alguns não gostavam de sentar na grama, agora já mostram mais interesse por observar os insetos, como as formigas", conta a professora Amanda Araújo Costa. "Elas estão adorando esses conteúdos, pois trabalhamos com coisas simples e lúdicas, mostrando que é importante estar em contato com o meio ambiente. A natureza é encantadora para as crianças", afirma a educadora.