Sedan automático

Testamos - e aprovamos - o Cronos automático top de linha.

CRONOS

Para quem gosta do conforto de um câmbio automático e um nível maior de equipamentos, o Cronos Precision topo de  gama mostra que tem um custo-benefício excelente. Durante sete dias testamos essa versão.
O Cronos, assim como o Argo, é um modelo com uma qualidade de rodar e comportamento dinâmico que fazia tempo não encontrávamos em um carro da montadora italiana. Graças a uma arquitetura mais moderna e avançada desenvolvida em conjunto com a Chrysler, o Cronos entrega respostas ao volante muito boas e bastante conforto ao rodar, mesmo se equipado com as rodas aro 17”, o que é raro em nosso piso.
A boa posição de dirigir associada ao volante bonito e com ótima empunhadura que o Cronos oferece nos lembram algumas qualidades do saudoso Punto.
O design em geral das peças plásticas e os materiais escolhidos para a cabine do Cronos denotam muito bom gosto e cuidado no projeto. Isso porque muitos equipamentos são compartilhados também com os carros da Jeep, no caso os SUVs Renegade e Compass.
Para além do bom comportamento dinâmico, o Fiat Cronos recebeu especial atenção no conforto acústico e no ar-condicionado. Dá para conversar tranquilamente dentro do carro (com o ponteiro do velocímetro na marca de 2.500 rpm) e na parte central do painel existem três saídas de ar com movimentação de 360º, posicionadas mais no alto, como nos modelos da Mercedes-Benz.
Falar de sedan sem citar o porta-malas é quase uma heresia. E no caso do Cronos, o bagageiro é excelente: são 525 litros.
A direção tem assistência elétrica com calibragem leve nas manobras e firme em alta velocidade. A coluna de direção tem ajustes de distância e altura. O diâmetro de giro pequeno facilita as manobras. O volante tem boa pegada e agrupa poucos comandos, facilitando a ergonomia.
A versão topo de linha do Argo é equipada com câmbio automático de seis marchas, que podem ser trocadas manualmente por meio de aletas no volante ou movimentando-se a alavanca. Há dispositivo que desacopla o motor da transmissão nas paradas para reduzir consumo. Trocas e reduções são suaves. O motor 1.8 é de bloco de ferro e comando único de válvulas. Um conjunto que vai agradar o condutor e a família.

Ficha Técnica:
Motor:
1.8 L
Potência: 135 CV
Câmbio: Automático
Preço: R$ 84.260