Honda CB 650R NSC e CBR 650R 2020 chegam ao mercado em março

Em ambas as versões há um menor peso a seco, entre outras inovações. Veja os detalhes dos novos modelos.

MOTO1
A sport-touring CBR 650R exala agressividade, sendo a carenagem um destaque, composta pelo novo grupo ótico duplo e tomadas de ar. Foto: Divulgação

Em 2014, a Honda trouxe ao mercado brasileiro a família 650, desde então reconhecida por suas qualidades dinâmicas e técnicas, além de conseguir atender os admiradores de todos os estilos de motocicletas, com destaque para os sport-touring. Três anos depois, as Honda CB 650F e CBR 650F foram renovadas com pontuais aperfeiçoamentos em diversas áreas como motor, parte ciclística e design. Tal evolução só fez confirmar a preferência dos consumidores por esses modelos, que em cinco anos de comercialização atingiram a expressiva marca de 14 mil unidades vendidas.

Para 2020, a decisão da Honda é reforçar de maneira significativa esta família, com a chegada ao mercado dos modelos CB 650R e CBR 650R – o primeiro segue o estilo Neo Sports Café, inaugurado pela CB 1000R, que mescla design minimalista com a agressividade típica das café racer; já o segundo se destaca pela maior agressividade, trazendo nas formas de sua carenagem uma clara identidade com a superesportiva de referência da Honda, a Fireblade.

Além disso, a CBR 650R também segue o conceito "Total Control", e mesmo com a troca do "F" pelo "R" no nome segue sendo uma sport-touring acessível para usuários de diferentes níveis, satisfazendo desde os mais experientes a novatos que desejam evoluir na pilotagem.

moto2
Dispositivo de segurança equipa os dois novos modelos: o Emergency Stop Signal, que reconhece frenagens de emergência em velocidades superiores a 56 km/h e aciona o pisca-alerta. Foto: Divulgação

Modelos
A CB 650R explora o conceito Neo Sports Café através de proporções ultra compactas, como no motor quatro cilindros em linha, que concilia agressividade e elegância. Com peso reduzido em cerca de 4 kg, traz uma sofisticada suspensão dianteira tipo invertido, cálipers do freio dianteiro com fixação radial e rodas ainda mais leves.

A posição de pilotagem permite um posicionamento agressivo graças ao guidão de alumínio cônico e pedaleiras levemente recuadas. A iluminação Full-LED destaca o novo grupo ótico dianteiro, circular

A sport-touring CBR 650R exala agressividade, sendo a carenagem um destaque, composta pelo novo grupo ótico duplo e tomadas de ar. O novo banco em dois níveis, a rabeta essencial e os semi-guidões fixados sob a mesa superior oferecem posicionamento ideal para pilotagem esportiva.

A iluminação Full-LED, o painel Black out e o indicador de marchas também estão presentes na CBR 650R, assim como a inédita suspensão invertida, a frenagem com cálipers radiais e as rodas aliviadas.

Motor e chassi
Dois elementos em comum a estas duas Honda 650 são o motor e o chassi. O tetracilindro DOHC arrefecido a líquido é dotado de câmbio de seis marchas com embreagem assistida, deslizante e sistema HSTC - Honda Selectable Torque Control.

O chassi tubular de aço segue a arquitetura tipo Diamond, com a zona da fixação do eixo da balança realizada em aço estampado e não mais em aço forjado, o que resultou em uma economia de peso de 1,9 kg se comparado com o chassi da "F".

Um dispositivo de segurança suplementar equipa a CB 650R e a CBR 650R: o Emergency Stop Signal, que reconhece frenagens de emergência em velocidades superiores a 56 km/h e, por meio de sensores do módulo do ABS, aciona automaticamente o pisca-alerta.

De acordo com o fabricante, a Honda CB 650R e a CBR 650R 2020 têm garantia de três anos, sem limite de quilometragem, além de Assistência 24 horas durante a garantia. A família 650 chega às concessionárias de todo o Brasil a partir de março de 2020, com preços sugeridos de R$ 37.900 (Honda CB 650R 2020) e R$ 39.500 (Honda CBR 650R 2020).

As cores disponíveis serão o azul perolizado, o vermelho e o prata metálico (Honda CB 650R), além do vermelho e do cinza metálico (Honda CBR 650R).