HB20 em nova geração

Compacto da Hyundai evolui, com novidades tecnológicas.

hb20
Foto Divulgação

O Novo HB20 aposta no equilíbrio de expressão e funcionalidade, mantendo a simplicidade no design. O entre-eixos do modelo aumenta em 30 mm na nova geração. A grade na dianteira vai ampliar impressão de esportividade. O interior ganha central multimídia de 8 polegadas, controle digital do ar-condicionado e distribuição mais horizontal e compactada, facilitando acesso aos comandos.

A nova geração incorpora a nova filosofia de design da Hyundai. O carro ganha melhorias em segurança, estrutura e durabilidade, além de maior espaço interno. A capacidade do porta-malas também aumenta no sedan, que passa a ser de 475 litros, 25 litros a mais que na versão sedan atual. No hatch permanece a de 300 litros. A motorização para o lançamento no Brasil será a 1.0 litro aspirada com 80 cavalos de potência e a estreia da motorização 1.0 turbo com injeção direta que produz 120 cavalos de potência e 17,5 kgfm de torque, disponível a 1.500 rpm.

Entre os recursos de tecnologias, temos alerta de colisão dianteiro com atuação, sistema de manutenção em faixa de rolagem (só aviso), Smart Key e Engine start Button. De série, o sistema start e stop do motor, o controle de tração e estabilidade, o sensor de pressão dos pneus e a porta USB com carregamento rápido. As configurações para o nosso mercado ainda vão ser definidas pela Hyundai Motor Brasil.

O design da traseira do sedan ficou lindo, mais parecendo carro premium. O hatch também está bonito, com destaque para a grande grade frontal. A equipe de designers e de engenheiros da marca está bem otimista quanto ao sucesso da nova geração no mercado brasileiro.

Por questões estratégicas, a matriz da Hyundai não permitiu que os jornalistas brasileiros filmassem ou fizessem fotos do novo carro, antes de chegar no Centro de Desenvolvimento e Pesquisa da marca, em Namyang, próximo de Seul, capital da Coréia do Sul.

O test drive foi limitado a versão hatch com novo motor turbo, 1.0l, com câmbio automático. Testamos o carro numa pista oficial de testes da Hyundai, com muitas curvas. Depois, numa pista com linha reta de cerca de 1km, quando podemos acelerar sem pena o veículo e sentir seu torque e desempenho. A versão turbo não decepcionou: tem arrancada, boa retomada e desenvolvimento. A direção elétrica é outro destaque: deixou o carro bem leve e ao mesmo tempo com sensação de estabilidade. 

Preços e data de lançamento das três versões não foram revelados. Aposto em setembro de 2019. Não informaram também se as versões hatch e sedan serão lançadas ao mesmo tempo, como ocorreu em 2012.

Ficha Técnica 
Motor:
 1.0l, flex, aspirado/1.0l, flex, turbo
Potência: 80 cv/120 cv
Câmbio: Manual, 5 velocidades/Automático, 6 velocidades
Porta-malas: 300 litros/475 litros (sedan)
Preço: não revelado
Lançamento: Setembro/Outubro 2019