Como evitar o stress no trânsito

Deixe a irritação de lado e evite problemas maiores tomando algumas atitudes simples.

transito
Foto: Banco de Imagens

A Semana Nacional de Trânsito, de 18 a 25 de setembro, é um momento de reflexão e conscientização sobre os cuidados e atitudes que motoristas e pedestres devem ter. Logo, uma vez no engarrafamento, há apenas duas opções: chegar ao destino tranquilo ou estressado. Jaime Soares, Diretor do Porto Seguro Auto, ressalta a importância de o motorista pensar de forma coletiva. “Boas condutas contribuem para um trânsito mais pacífico e menos desgastante para motoristas, pedestres, ciclistas e motociclistas. Nossa intenção é inspirar os condutores a serem corteses com o próximo não apenas nesta data, mas diariamente”, comenta. 

Atento à importância da causa, o Porto Seguro Auto promove o Trânsito+gentil – campanha criada em 2010 que incentiva a cortesia entre todos os que compõem o tráfego no dia a dia. “Quando criamos a campanha, nosso propósito sempre foi promover o respeito entre os motoristas. E para engajar ainda mais a causa, desenvolvemos o app T+g, que auxilia na dirigibilidade e incentiva o usuário a ser um motorista mais consciente. O app já conta com mais de 1 milhão de downloads e reflete a intenção do que os cidadãos querem no trânsito: um ambiente mais saudável e pacífico”, completa Jaime Soares.

Estudos da psicologia já apontaram que uma das causas que compromete a qualidade de vida das pessoas, principalmente em grandes capitais, é o trânsito intenso. Mas há maneiras de minimizar e até erradicar sentimentos e comportamentos não sadios. Para reforçar a importância da data, o Porto Seguro Auto apresenta cinco atitudes que ajudam a tornar o dia a dia no trânsito mais gentil e cordial. 

1- Procure dirigir em ambientes mais calmos
Embora o trânsito seja intenso na maioria das vezes, busque, se possível, caminhos que estejam mais vazios, mesmo que o trajeto seja um pouco mais longo. Isso vai fazer com que o motorista tenha uma sensação de mais tranquilidade.

2- Tente sair mais cedo
Para que a primeira dica funcione melhor, é importante uma boa administração do tempo. Logo, se o motorista já sabe que terá de desviar a rota para uma que gastará mais tempo, precisará sair mais cedo. E mesmo que não faça isso, sair mais cedo dá margem para algum trânsito não previsto pelo caminho. Dirigir sem pressa é essencial para uma condução responsável.

3- Tente ficar relaxado
Coloque uma música que acalme ou traga um pensamento bom. Pode ser também algum podcast com informações curiosas, de preferência com assuntos que tragam satisfação. Observe o modo como segura o volante e note o quanto está relaxado. Se perceber que está começando a apertar as mãos, suavize os dedos para aliviar a tensão.

4- Deixe os vidros limpos
Andar com o carro sujo pode contribuir para o estresse. Observe, principalmente, os vidros da frente e os retrovisores. Ter uma visão limpa das vias, sem distrações, também é importante.

5- Procure manter a calma com as atitudes alheias
Tente não perder a cabeça com pessoas irritadas ou que praticam atos irresponsáveis. Siga dirigindo normalmente, de forma educada e segura. Faça sempre a reflexão de que o momento do outro motorista não tem a ver com o seu. Outra dica é não descontar o estresse em buzinadas sem propósito. Reserve a buzina para ocasiões apropriadas.