Vereador Sandro do Sindicato é assassinado a tiros de fuzil em Duque de Caxias, no Rio

Parlamentar estava dirigindo uma van no município carioca quando foi atacado

sandro do sindicato morre no rio
Legenda: Sandro foi o terceiro parlamentar morto em Duque de Caxias no intervalo de seis meses
Foto: Reprodução

O vereador de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, Alexsandro Silva Faria, o Sandro do Sindicato, foi assassinado a tiros de fuzil na manhã desta quarta-feira (13) enquanto estava dirigindo uma van.

O crime ocorreu na Avenida Governador Leonel Brizola, no bairro Pilar. O parlamentar do Partido Solidariedade morreu na hora

Embora a ocorrência tenha sido registrada inicialmente na 60ª DP, no Campo Elíseos, quem ficará responsável pelas investigações será a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

A Câmara de Vereadores de Caxias agendou para a tarde desta quarta-feira uma reunião para cobrar providências das autoridades policiais.

Eleito pela primeira vez no pleito de 2020 com 3.247 votos, Sandro foi o terceiro vereador morto em Duque de Caxias em pouco mais de seis meses.

Outros crimes

No dia 12 de setembro, o vereador do PL Joaquim Quinze Santos Alexandre, o Quinzé, ex-policial militar de 66 anos, morreu a tiros ao desembarcar entre Caxias e São João do Meriti para visitar uma conhecida. 

Em 10 de março, Danilo Francisco da Silva (MDB), o Danilo do Mercado, foi encontrado morto na Praça Jardim Primavera, em Caxias, ao lado do filho de 25 anos.