Omar Aziz diz que vai à Justiça após 'fake news' sobre ele não ter se vacinado contra a Covid

A investigação do jornalista foi feita após Aziz anunciar que havia testado positivo para a Covid-19, mas que estava imunizado com duas doses

omar aziz
Legenda: Aziz disse que a informação é falsa e difamatória
Foto: Agência Senado

O senador Omar Aziz (PSD) afirmou que vai acionar a Justiça contra o jornalista Alexandre Fernandes, que publicou nesse fim de semana que o parlamentar pode não ter se vacinado contra a Covid-19. Fernandes disse que consultou as bases de dados do Distrito Federal e do Amazonas, e não encontrou a vacinação de Omar e sua esposa. 

"Ele agora - assim como quem ajudou a divulgar - vai responder na Justiça por espalhar  informação falsa e difamatória. A internet não é terra sem lei e o ônus da prova cabe a quem acusa. Eu poderia colocar print do meu cartão do ConecteSUS aqui e desmentir", publicou o senador nesta segunda-feira (24). 

A investigação do jornalista foi feita após Aziz anunciar na sexta-feira (21) que havia testado positivo para a Covid-19. No dia, ele informou que estava vacinado com as duas doses e assintomático.

Alexandre retrucou que o caso não é "difamatório" e reiterou que constatou a informação após consultas oficiais. "Agora, você pode tirar isso a limpo e mostrar que foi vacinado", disse. 

"Quer processar alguém, processe o município de Manaus que não pontuou suas vacinas no sistema, Omar (sic)", continuou o jornalista. 

Até o momento, Omar não divulgou publicamente seu comprovante de vacina. "Impressionante como as Fake News, as notícias falsas, se alastram tão rápido na internet", comentou o senador amazonense, que ainda descreveu o sistema do Ministério da Saúde como "frágil e inconfiável".