Previdência: Governo Bolsonaro comemora aprovação do texto da reforma em comissão

Ministro Onyx Lorenzoni disse que o Governo dialogou com todos os parlamentares

Legenda: Ministro Onyx Lorenzoni festeja a aprovação do texto principal da reforma da Previdência na comissão especial
Foto: Foto: Agência Câmara

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, comemorou a aprovação do texto principal da reforma da Previdência na comissão especial. Para ele, o governo dialogou com todos os parlamentares e disse que foi fechado um acordo de que todos iriam contribuir com a reforma e não haveria exceção para nenhuma categoria. A expectativa, segundo ele, é aprovar, pelo menos, a proposta em primeiro turno já na próxima semana.

>Previdência: Comissão especial aprova texto principal da reforma
>Comissão rejeita 99 sugestões de alteração do texto da reforma

>Previdência: Comissão rejeita destaque que cria regras especiais para policiais
>Leia a íntegra do novo parecer apresentado pelo relator e aprovado pela comissão

“A Previdência prepara o Brasil para ao futuro. Essa potência fiscal, que esperamos confirmar no Plenário, vai mostrar que o Brasil tem solvência fiscal, e está resolvido o seu problema fiscal pela próxima década e talvez pelas próximas duas décadas”, disse Lorenzoni.

Em relação à demanda dos policiais militares e bombeiros, de terem as mesmas regras de aposentadoria que os militares das Forças Armadas, o ministro afirmou que essa discussão vai ser feita conjuntamente com o projeto que trata da aposentadoria das Forças Armadas.

No que se refere à idade de aposentadoria dos policiais federais, Lorenzoni afirmou que cabe à comissão debater a proposta, mas admitiu que as regras podem não ser alteradas e, portanto, a categoria vai poder se aposentar aos 55 anos. O acordo que estava sendo construído, de aposentadoria aos 52 anos para mulheres e 53 para homens, não foi fechado.

Todas as categorias estão dando a sua contribuição, as mudanças sãs respeitosas para todas as categorias”, disse o ministro.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política

Assuntos Relacionados