Prefeituras restringem acesso à Taíba e à Paraipaba

Apenas moradores e trabalhadores poderão ingressas nos locais

Legenda: As medidas buscam diminuir a propagação do coronavírus na região
Foto: Foto: divulgação

As prefeituras de São Gonçalo do Amarante e de Paraipaba restringiram, nesta quarta-feira (8), o acesso ao distrito da Taíba e ao município de Paraipaba.

Em Paraipaba, barreiras sanitárias foram motandas nas entradas da cidade. Somente a entrada moradores está sendo liberada, mediante apresentação de documento que comprove a residência no município. Transportes de alimentação que abastecem os comércios da cidade também estão sendo liberados.

Já em São Gonçalo, a restrição ocorre no distrito da Taíba, onde fica localizada a praia de nome homônimo, e proíbe a entrada e circulação de pessoas que não residam ou trabalhem no local. A praia da Taíba atrai bastante turistas brasileiros e estrangeiros.

Moradores e trabalhadores do distrito devem apresentar comprovante de endereço ou documento que comprove o vínculo empregatício quando forem solicitados, para poder ingressar na Taíba. 

Pessoas que são prioritárias de uma segunda residência na Taíba, e quiserem entrar na residência, deverão permanecer nela pelo período de sete dias. A medida de restrição na Taíba está prevista para durar 12 dias, podendo ser prorrogada se o prefeito de São Gonçalo, Cláudio Pinho (PDT), entender que há necessidade.

As duas prefeituras alegam que as medidas de restrição buscam combater a propagação do coronavírus na região.