Pesquisa Ibope Maracanaú: 60% dos eleitores apontam saúde como área mais problemática

A primeira pesquisa Ibope também abordou as principais áreas com mais problemas

A primeira pesquisa Ibope em Maracanaú apontou a saúde como o maior problema do município, conforme avaliaram 60% dos entrevistados. No ranking de insatisfação, também aparecem segurança pública, com 51%, e geração de empregos, 29%.

As outras áreas apontadas como problemáticas em Maracanaú são: educação (24%), rede de esgoto (18%), corrupção (13%), calçamento de ruas e avenidas (10%), limpeza pública (10%) e transporte coletivo (10%).

Áreas problemáticas:

  1. Saúde (60%)
  2. Segurança Pública (51%)
  3. Geração de Empregos (29%)
  4. Educação (24%)
  5. Rede de esgoto (18%)
  6. Corrupção (13%)
  7. Calçamento de ruas e avenidas (10%)
  8. Transporte Coletivo (10%)
  9. Limpeza pública (10%)
  10. Opções de lazer (9%)
  11. Impostos e taxas (8%)
  12. Administração pública (7%)
  13. Iluminação pública (5%)
  14. Meio ambiente (5%)
  15. Trânsito (4%)
  16. Assistência social (4%)
  17. Abastecimento de água (4%)
  18. Atividades esportivas (4%)
  19. Habitação (2%)
  20. Atividades culturais (2%)
  21. Nenhuma destas (1%)
  22. Não sabe/não respondeu (2%)

A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. Os entrevistados puderam citar mais de uma área. 

A pesquisa foi encomendada pela TV Verdes Mares e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número CE-05199/2020. Ao todo, 602 eleitores foram entrevistados presencialmente entre os dias 5 e 7 de novembro. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política