Pesquisa Ibope Barbalha: 46% dos eleitores apontam Saúde como área mais problemática

Geração de empregos e limpeza pública ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente

A pesquisa Ibope para a Prefeitura de Barbalha, encomendada pelo Diário do Nordeste, também perguntou aos eleitores quais as áreas são consideradas as mais problemáticas da cidade. Na lista, a Saúde lidera, sendo apontada por 46% dos eleitres barbalhenses. Em seguida, aparecem geração de empregos (34%), limpeza pública (24%), rede de esgoto (23%) e iluminação pública (22%).

Foi pedido que cada pessoa elegesse as três áreas mais problemáticas dentro de uma lista apresentada pelos pesquisadores, por isso os resultados somam mais de 100%. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou mais menos

Áreas mais problemáticas

  • Saúde: 46%
  • Geração de empregos: 34%
  • Limpeza pública: 24%
  • Rede de esgoto: 23%
  • Iluminação pública: 22%
  • Educação: 18%
  • Calçamento de ruas e avenidas: 17%
  • Abastecimento de água: 16%
  • Segurança pública: 14%
  • Impostos e taxas: 12%
  • Administração pública: 7%
  • Transporte coletivo: 5%
  • Assistência social: 5%
  • Meio ambiente: 5%
  • Opções de lazer: 5%
  • Corrupção: 4%
  • Trânsito: 2%
  • Habitação: 2%
  • Atividades esportivas: 2%
  • Atividades culturais: 2%
  • Nehuma destas: 3%
  • Não sabem ou não responderam: 4%

O levantamento do Ibope foi encomendado pelo Diário do Nordeste e registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará com o número de identificação CE-00004/2020.  

A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou mais menos. Foram ouvidos 602 eleitores da cidade de Barbalha, entre os dias 4 e 9 de novembro. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que há probabilidade de 95% dos resultados retratarem o atual momento, considerando a margem de erro.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política