Paulo César Norões: PSDB de Dória poderá perder senador Tasso

Tasso Jereissati está atendo às movimentações de João Dória no PSDB. Há um mês o senador cearense e o governador paulista almoçaram em São Paulo. No cardápio, a sucessão interna. Dória quer emplacar o ex-ministro Bruno Araujo como presidente do PSDB, abandonar o ideário social-democrata que norteou a fundação do partido e adotar uma pauta mais conservadora e alinhada com o governo Bolsonaro. Já se fala até em fusão com o DEM.

Tasso, por sua vez, defende o apoio às pautas econômicas no Congresso, mas com independência em relação ao governo. A mesma postura que defendia para o PSDB em relação ao governo Temer. Derrotado na queda-de-braço com os ministros tucanos, que não abriam mão de seus cargos, ele acabou apeado da presidência interina do partido. Na época se resignou. Agora talvez não seja assim.

O namoro com o Cidadania (ex-PPS) existe. O cupido é o deputado pernambucano Daniel Coelho, um ex-tucano que integrava o grupo dos cabeças-pretas que apoiavam a luta de Tasso para manter o PSDB fora do governo Temer. Se o namoro vai virar casamento, aí só o tempo poderá dizer.

Ciro avalia

Na condição de critico do governo Bolsonaro e aspirante a candidato à sua sucessão, em 2022, Ciro Gomes recebe a imprensa hoje, na sede do PDT, em Brasília. Vai avaliar os 100 primeiros dias da atual administração, a partir de indicadores de economia, segurança, educação, saúde, entre outros.

Ativo

Eunício Oliveira perdeu a eleição, mas não a disposição para a política. O ex-presidente do Congresso abriu escritório em Brasília, onde recebe amigos e correligionários. Nesta terça recebeu a visita de 20 prefeitos cearenses que estavam no DF para a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, além do governador Camilo Santana, com quem almoçou.

Movimentado

Tem sido intensa a rotina de Zezinho Albuquerque na Secretaria de Cidades. O ex-presidente da Assembleia chega a receber 70 pessoas por dia, entre prefeitos, vereadores e deputados estaduais e federais. Muitos saem felizes da vida, como deputado estadual Fernando Hugo, que conseguiu do secretário a promessa de verba para a reforma do Mercado de Messejana.

Informações

Deputado Heitor Férrer (SD) quer que a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado forneça à Assembleia Legislativa informações sobre os cargos jurídicos e a forma de preenchimento destes na Administração Pública Direta e Indireta, em especial autarquias e fundações públicas estaduais. Recentemente o STF decidiu que é inconstitucional a criação de cargos jurídicos nessas instituições.

Caravana

Grupo de deputados estaduais tem na próxima quarta-feira audiências nas presidências do Senado e da Câmara Federal. Na pauta, o fortalecimento do BNB, DNOCS, Sudene e Codevasf. Os parlamentares ainda aguardam uma resposta do gabinete do ministro Onys Lorenzoni, da Casa Civil.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de política?

Assuntos Relacionados