Orçamento deve definir viabilidade de mudança da Câmara para o Centro de Fortaleza

A Casa Legislativa pode vir a funcionar no antigo Lord Hotel, próximo a Praça José de Alencar; mas os custos necessários ainda estão em avaliação e podem inviabilizar a mudança

Legenda: Presidente da Câmara, Antônio Henrique (PDT), foi recebido pela diretoria da CDL nesta segunda-feira (2)
Foto: Foto: José Leomar

A Câmara Municipal de Fortaleza pode mudar de endereço, passando a funcionar no antigo Lord Hotel, no Centro da Capital. Contudo, antes, será necessário analisar os custos dessa mudança. O presidente da Casa, Antônio Henrique (PDT), afirmou que o projeto tratando da estrutura do prédio está quase concluído, mas o orçamento para a transferência só deve ser finalizado em novembro deste ano. 

O pedetista participou nesta segunda-feira (2) de reunião com a diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da Capital, na sede da entidade. 

“A Câmara, junto com a Prefeitura de Fortaleza, contratou uma empresa para fazer o projeto para o prédio, para saber se realmente aquele espaço é viável para nós. Dele, ainda está faltando a parte final que é saber quanto irá custar para adaptar o prédio à estrutura que a Câmara deseja”, explicou.

A partir do orçamento é que será possível saber como poderá ser viabilizada a transferência, acrescentou Henrique.

Dentre os desafios para a mudança, está a estrutura do imóvel onde antes ficava localizado o Lord Hotel. Construído em 1956, na esquina das ruas Liberato Barroso e 24 de Maio, o prédio está em processo de tombamento. Por conta disso, uma possível reforma só poderia ser feita preservando inteiramente a fachada. Além disso, a própria estrutura do imóvel está deteriorada, o que também pode encarecer os custos. 

O processo de transferência entre as sedes também deve demorar. Henrique projeta que a conclusão da mudança para o Centro deve ficar apenas para a próxima legislatura. “Tendo em vista que o prédio precisa de uma reforma ampla, a gente acha que é quase impossível. (Mas) O que puder ser feito dentro da nossa legislatura, nós vamos fazer”, garantiu.

Se a mudança de sede não for concluída até o final de 2020, o presidente da Câmara disse esperar “que o sucessor possa continuar, tendo em vista que o projeto é bom para a nossa cidade”. “Nós queremos que a Câmara esteja cada dia mais perto do povo e não há espaço melhor para isso do que o Centro da cidade”, afirmou.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de política?