MP da Liberdade Econômica pode ser votada pela Câmara nesta semana

O plenário precisa votar os destaques apresentados ao texto do deputado Augusto Coutinho (SDD-PE), cujo texto-base foi aprovado no fim de junho

Legenda: O relator da medida, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), fez ajustes no texto para que a medida fosse votada antes de perder a validade, no fim deste mês
Foto: Zeca Ribeiro / Agência Câmara

A Medida Provisória da Liberdade Econômica, editada pelo governo Jair Bolsonaro em abril, pode ser votada pela Câmara nesta semana. A matéria está na pauta do plenário da Casa desta terça-feira, 13.

O relator da medida, deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), fez ajustes no texto para que a medida fosse votada antes de perder a validade, no fim deste mês. Entre as alterações está a possibilidade de que empregados trabalhem aos domingos, desde que seja dada uma folga nesse dia a cada sete semanas. 

Outro trabalho que segue na pauta dos deputados é a conclusão da votação da Lei das Licitações. O plenário precisa votar os destaques apresentados ao texto do deputado Augusto Coutinho (SDD-PE), cujo texto-base foi aprovado no fim de junho.

> Relator da MP da Liberdade Econômica espera ter acordo para levar texto à votação
Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), começa a semana em São Paulo. Ele participa nesta segunda de eventos com o mercado financeiro e entrevistas na capital paulista. Após o fim da votação do segundo turno da reforma da Previdência na Casa, o deputado está trabalhando agora no avanço das alterações do sistema tributário do País.