Fachin arquiva dois pedidos de suspeição de Lula contra Moro

Os pedidos foram arquivados após a defesa do ex-presidente desistir do processo, sob a justificativa de que a suspeição já era abordada em um habeas corpus impetrado no STF.

Legenda: Com o arquivamento das suspeições, os ministro podem julgar o pedido de habeas corpus até as 23h59 da próxima quinta-feira (22)
Foto: Foto: AFP

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin arquivou, nesta sexta-feira (16), dois pedidos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de suspeição contra o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, no tempo em que ele era juiz da 13ª Vara Criminal de Curitiba. Com informações do G1.

Os pedidos foram arquivados após a defesa do ex-presidente desistir do processo, sob a justificativa de que a suspeição já era abordada em um habeas corpus impetrado no STF. Nesta sexta, os ministo do Supremo começaram julgar as três ações dos advogados de Lula em plenário virutal. 

Com o arquivamento das suspeições, os ministro podem julgar o pedido de habeas corpus até as 23h59 da próxima quinta-feira (22). Na solicitação, a defesa consteta a autorização de Sérgio Moro, na época em que era juiz da 3ª Vara, para uma perícia em documentos da Odebrecht mantidos em sigilo durante o processo, o que impediu a defesa de refutá-los.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de política?