Explosão em empresa de oxigênio repercute no meio político; deputados acionam Governo Federal

Deputados federais cearenses oficiaram o Ministério da Saúde e buscaram secretaria de Governo, após explosão na White Martins

Legenda: Explosão em unidade da empresa fornecedora de oxigênio White Martins, em Fortaleza, neste sábado (24)
Foto: Jarbas Oliveira

A explosão na empresa fornecedora de oxigênio White Martins, em Fortaleza, neste sábado (24), repercutiu entre políticos cearenses. Parlamentares afirmam que acionaram o Governo Federal para evitar o risco de desabastecimento do gás hospitalar em equipamentos de saúde do Estado em meio à pandemia da Covid-19.

As causas do acidente, que ocorreu por volta das 10h40, ainda são desconhecidas. Cinco pessoas ficaram feridas, três delas foram levadas ao Instituto Doutor José Frota (IJF). De acordo com o último boletim médico, o quadro das vítimas é estável. 

Abastecimento de oxigênio

Parlamentares cearenses repercutiram o fato nas redes sociais. No entanto, apesar do acionamento do Governo Federal, o prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), negou risco de desabastecimento de oxigênio.

Ele disse que uma parte das unidades de saúde em Fortaleza é abastecida pela fábrica da White Martins instalada no Pecém, na Região Metropolitana de Forraleza, e que outra parte dos equipamentos tem usina própria.

O governador Camilo Santana (PT) também afirmou que equipes da Secretaria da Saúde acompanham a situação para evitar problemas com o fornecimento do gás. 

Repercussão na bancada cearense

O deputado federal cearense Eduardo Bismarck (PDT) disse que enviou um ofício ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, sobre o ocorrido, e ainda comunicou ao presidente da Câmara Federal.

Sobre a explosão na White Martins, oficiei em caráter urgente o ministro Queiroga e levei ao conhecimento do presidente Arthur Lira para que a Câmara possa acompanhar o desenrolar dos fatos, a quem agradeço a pronta disponibilidade
Eduardo Bismarck (PDT)
Deputado federal

O deputado federal Capitão Wagner (Pros) também afirma que se comunicou com a ministra da Secretaria de Governo do Governo Federal, Flávia Arruda, sobre o ocorrido em Fortaleza.

Estamos articulando em Brasília junto com a ministra Flávia Arruda para que, se houver necessidade, o Governo Federal dê pronta resposta em relação ao abastecimento de oxigênio que é vital para o tratamento das pessoas infectadas com a Covid-19
Capitão Wagner (Pros)
Deputado federal

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Evandro Leitão (PDT), manifestou solidariedade aos feridos e demonstrou preocupação com o fornecimento do oxigênio.

Esperamos que todos os feridos se recuperem e que os danos materiais não prejudiquem o fornecimento de oxigênio para a nossa rede hospitalar
Evandro Leitão (PDT)
Presidente da Assembleia Legislativa

O deputado estadual Renato Roseno (Psol) também se manifestou nas redes sociais sobre o ocidente e cobrou investigação das causas.

Muito preocupante a explosão que aconteceu hoje, em Fortaleza, no galpão da White Martins, fornecedora de oxigênio hospitalar. Esperamos que os trabalhadores estejam bem! O impacto da explosão foi sentido em toda a redondeza, quebrando janelas de vidro. Há de se investigar o que aconteceu
Renato Roseno (Psol)
Deputado estadual

Mais tarde, entretanto, a White Martins informou, por nota, que as instalações afetadas na explosão "não produzem oxigênio e são destinadas apenas ao enchimento de cilindros". Segundo a empresa, a produção de oxigênio no Estado não foi comprometida. Além disso, "a empresa está buscando alternativas para o enchimento dos cilindros".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política