Dilma cancela visita a Fortaleza por problemas de deslocamento

Presidente afastada viria ao Ceará na próxima terça-feira (28), adiou para quinta-feira (30) e, por fim, cancelou viagem em defesa de seu mandato

Escrito por Redação,

Política

A presidente afastada Dilma Rousseff cancelou a visita que faria a Fortaleza na próxima semana. Inicialmente, ela chegaria à Capital na terça-feira (28), mas acabou adiando a viagem para a quinta-feira (30), posteriormente cancelando de vez a programação que faria no Ceará. Segundo o presidente do Partidos dos Trabalhadores no Ceará (PT-CE), Francisco de Assis Diniz, o cancelamento se deu por conta de "indefinições no deslocamento da presidente".

A visita à Capital faria parte de uma série de viagens que Dilma tem feito no Brasil em defesa de seu segundo mandato, quando o pedido de abertura do processo de impeachment foi aprovado pelo Senado. Conforme de Assis Diniz, o PT-CE agendará uma nova data para a presidente viajar para o Ceará. "Ela quer vir para Fortaleza, mas isso so acontecerá quando estiver resolvido a questão dos recursos para pagamento da areronave", destacou.

Financiamento coletivo

Impedida de voar em aviões da FAB, Dilma prepara campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) para viajar pelo País. O governo interino limitou o uso das aeronaves da Força Aérea apenas aos trechos entre Brasília, onde mora, e Porto Alegre, cidade em que vivem seus familiares.

A conta das viagens estava pesada para o PT, já que a presidente afastada viaja com pelo menos dez assessores, entre médico, jornalistas, fotógrafo e seguranças. O partido, até o momento, bancou apenas uma viagem de Dilma, para Campinas, onde ocorreu um encontro com intelectuais, há duas semanas.