Comissão de vereadores de Fortaleza visita obras de hospital no Presidente Vargas

O equipamento está sendo feito para receber pacientes da Capital e da Região Metropolitana que foram infectados pela Covid-19

Legenda: Vereadores de Fortaleza visitam instalações do PV
Foto: Foto: Mateus Dantas/Câmara Municipal de Fortaleza

Integrantes da Frente de Enfrentamento ao Coronavírus da Câmara Municipal de Fortaleza visitaram, na tarde desta terça-feira (7), a obra do hospital provisório que está sendo construído no estádio Presente Vargas, na Capital. A Prefeitura promete entregar a estrutura até o dia 20 deste mês de abril.

O equipamento está sendo feito para receber pacientes da Capital e da Região Metropolitana que foram infectados pela Covid-19. No Ceará, são mais de mil casos confirmados.

De acordo com o presidente do Legislativo Muncipal, vereador Antônio Henrique (PDT), a visita dos vereadores é um exercício de fiscalização do Parlamento a uma obra que pode atender até 204 pacientes. "Precisamos estar prontos para o combate no tratamento das pessoas que foram contaminadas por esse vírus, que já é estágio de contaminação comunitária. Está muito adiantado o serviço", declarou o pedetista.

Dos dez integrantes da Frente, sete visitaram o local das obras. Entre eles, o vereador Gardel Rolim (PDT). "Pude observar que é uma obra extremamente simples, parece uma obra de um evento. Está sendo planejado para atender mais de 200 pessoas de forma que o custo disso é muito pequeno. Em breve isso vai estar pronto para atender os fortalezenses e a Câmara está aqui fiscalizando cumprindo o seu papel", disse.

De acordo com o secretário de Governo, Samuel Dias, "a estrutura no PV pode ser ampliada para até 304 leitos e todos eles podem, em eventual necessidade, serem convertidos em Unidade de Terapia Intensiva". Segundo ele, "isso vai depender da disponibilidade de equipamentos e da necessidade".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política