Ciro Gomes abre ciclo nacional de debate sobre a Previdência em Fortaleza

O foco do pedetista é atingir, com o discurso de oposição, a camada mais pobre da população

Escrito por Redação,

Política
Legenda: O evento contou com aliados da prefeitura
Foto: Foto: Reprodução

Candidato à Presidência da República em outubro do ano passado, Ciro Gomes (PDT) iniciou na noite desta quinta-feira (16), em Fortaleza, um ciclo de debates no País sobre a Previdência. O evento ocorreu no ginásio da Parangaba, por volta das 19h.

Crítico do Governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o ex-governador quer percorrer o Brasil reunindo diversas críticas às pautas implementadas pelo atual Governo, como a reforma previdenciária. 

"Tem nove generais hoje no governo, nove ministros. Vamos pegar a conta só dos militares. Eles gastam de aposentadoria e de pensão R$ 47 bilhões de reais por ano e contribuem com R$ 3 bilhões. O que fez o senhor Jair Bolsonaro? Aumentou a contribuição dos militares em 10,5%. Com essa mão que ele tirou, com a outra mão ele pegou o salário do general de R$ 22 mil e passou para 30 mil", disse o ex-ministro.

O foco do pedetista é atingir, com o discurso de oposição, a camada mais pobre da população. O primeiro evento da série foi realizado com a participação do prefeito Roberto Cláudio (PDT), que aproveitou o momento para criticar políticas do Palácio do Planalto. 

Além do prefeito, deputados federais, como Leônidas Cristino (PDT) e André Figueiredo (PDT), participaram do debate. Secretários municipais e vereadores ocuparam boa parte dos espaços do ginásio. Alguns secretários chegaram a fazer perguntas ao ex-governador cearense sobre as consequências da aprovação da reforma da Previdência.