Cinco maiores municípios dos Inhamuns e Sertão Central terão candidatos à reeleição; veja quem são

Veja como está a disputa nos cinco maiores colégios eleitorais da região

Legenda: Dentre os maiores colégios eleitorais da região, Quixeramobim tem quase 59 mil eleitores
Foto: Arquivo DN

As cidades com maior eleitorado da região dos Inhamuns do Ceará terão candidatos à reeleição. Todos eles da base do governador Camilo Santana (PT). 

Em Quixeramobim, com quase 59 mil eleitores, serão pelo menos três candidaturas aliadas ao Palácio da Abolição. Clébio Pavone (PP), atual prefeito, vai pedir novamente o voto de confiança do eleitor para seguir na administração municipal.

O atual gestor vai disputar o voto com outro aliado do governo estadual: o ex-prefeito Cirilo Pimenta (PDT). Do partido de Camilo Santana, Pedro Coelho (PT) vai tentar usar a imagem do governador para se fortalecer na disputa municipal.

Na oposição, foi lançada a candidatura de Marcos Rogério (Pros). O candidato é o atual vice-prefeito de Quixeramobim. Ele é rompido com o atual gestor.

Quixadá

Atual prefeito de Quixadá, Ilário Marques (PT), vai tentar a reeleição no município. Ele atraiu Pedro Baquit (PDT) para a chapa que terá o apoio do grupo de Camilo Santana para a disputa.

Por lá, tentarão impedir mais um mandato do petista o médico e ex-superintendente estadual da Fundação Nacional de Saúde – Funasa no Ceará, Ricardo Silveira (PSD).

Os quixadaenses terão ainda a opção de eleger Marcelo Costa (PSB), que tem o apoio do atual vice-prefeito João Paulo Menezes — rompido com o atual prefeito.

O ex-senador Eunício Oliveira (MDB) lançou a candidatura do correligionário Cezar Augusto (MDB). Quixadá conta ainda com os nomes de Cícero Freitas (Rede) e Sérgio Onofre (Cidadania).

Canindé

Com uma chapa incluindo PT, PSD, SD, PDT, PMN, PP e PSDB, o atual prefeito de Canindé, Rosário Ximenes (DEM), vai em busca da reeleição em uma ampla aliança apoiada pelo grupo do governador.

Um dos principais adversários do atual gestor é Luís Damião (PL), que conta com o apoio do PSC, Cidadania, Patriota e PSD.

Também se lançaram como candidatos Higino Luís Barros de Mesquita (MDB), em chapa pura, Berg Sousa (PCdoB) e Irineu de Freitas (PMB).

Crateús

No município de Crateús, o distanciamento de aliados tem marcado a disputa que se aproxima. Então aliado do governador na Assembleia Legislativa do Ceará, o deputado estadual Carlos Felipe (PCdoB) está bancando a candidatura do Policial Militar Wendson Borges, conhecido como Sargento Borges.

Enquanto o grupo do governador apoia o atual prefeito à reeleição, Marcelo Machado (SD), o ex-prefeito Carlos Felipe vai pedir voto para um adversário do governador. Borges é ligado ao grupo do candidato à prefeito de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros).

O eleitor também terá como candidatos os nomes de oposição Paulo Giovanni (Psol) e Reginaldo Karkará (PV).

Tauá

Em Tauá, o atual prefeito Fred Rêgo (DEM), que é da base do governador, tenta reeleição. Patrícia Aguiar (PSD), ex-prefeita, e derrotada na eleição passada, tenta voltar ao posto também em aliança com o governador.

O Republicanos lançou em chapa pura Rildo Dantas. A disputa local terá ainda Edyr (PP), Samuel Marques (Avante), além do nome de oposição Amauri Filho (PSL).

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política