Célio Studart defende instituição de alvará único e critica aglomerações na campanha

De acordo com ele, os impactos da pandemia da Covid-19 na economia exigem que o próximo gestor dê mais atenção aos trabalhadores que atuam no comércio informal de rua. O candidato foi o entrevistado desta quinta-feira (22) no PontoPoder Eleições

fotografia
Legenda: Além disso, Célio reforçou que a pauta animal continuará sendo uma de suas prioridades, caso seja eleito
Foto: Thiago Gadelha

Candidato do PV à Prefeitura de Fortaleza, Célio Studart defendeu, na noite desta quinta-feira (22), reformular o fomato de concessão de alvarás de funcionamento a empresas instaladas na Capital para tentar reduzir a quantidade de trabalhadores informais nas ruas. Ele criticou, ainda, aglomerações registradas em eventos de campanha. As declarações foram dadas em entrevista ao PontoPoder Eleições, exibido na TV Diário. 

Célio Studart foi o sétimo prefeiturável a ser entrevistado no programa, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 21h55, na TV Diário. Também já foram entrevistados Anízio Melo (PCdoB), Capitão Wagner (Pros), Luizianne Lins (PT), Renato Roseno (Psol), Heitor Freire (PSL) e Heitor Férrer (SD). Por conta do dignóstico de Covid-19, o candidato do PDT, Sarto Nogueira, não pôde participar do debate no dia definido por sorteio - 15 de outubro. Agora, livre da infecção conforme atesta exame apresentado, ele será entrevistado na próxima segunda-feira (26).

Veja a entrevista de Célio Studart:

Para Célio Studart, os impactos da pandemia da Covid-19 na economia exigem que o próximo gestor municipal dê mais atenção aos trabalhadores que atuam no comércio informal de rua, para estimular que "sair da informalidade" seja um desejo, e não uma "pressão".

"Nós vamos reestruturar a Secretaria de Desenvolvimento Econômico para que a nossa gestão não tenha uma imagem de perseguição à informalidade, e sim de facilitar a formalização dessas pessoas. O momento é de dar possibilidade, de ter parceria com essas pessoas. Desburocratização dos processos para abertura dos comércios, retomar o alvará único, ou seja, não ter mais o alvará da forma que foi constituído na última gestão", defendeu.

Sobre Educação, o postulante do PV ressaltou que pretende ampliar parcerias público-privadas para aumentar a capacidade de creches em Fortaleza. Ele citou ainda que, se for eleito, quer contar com pessoas das próprias comunidades para a viabilização de "Casas Escolas" voltadas a crianças de quatro meses a três anos.

"Entre 36% e 40% das (vagas em) creches já são uma parceria da Prefeitura com instituições particulares, e a fila continua enorme. Nós temos que enfrentar a realidade, que a creche (deve ser) o local para que a criança amplie suas capacidades da primeira infância, mas compreender que a mãe dessa criança precisa trabalhar e que essa creche possa estar em segurança. A prefeitura tem que se modernizar para a parceria dentro da comunidade, assim como ampliar parceria publico-privada para o aumento de creches. Não é só construir mais creches, mas tambem auxiliar projetos como a Mãe Crecheira", disse.

Ouça o podcast 'PontoPoder Cafezinho':

Powered by RedCircle

Pauta animal

Célio Studart também reforçou que a pauta animal continuará sendo uma de suas prioridades, caso seja eleito, ressaltando que, como deputado federal, contribuiu para a entrega de uma clínica veterinária pública na Cidade. Segundo ele, hoje o tema está em destaque na política porque "nós entendemos que os animais precisam de cuidados".

"Fortaleza hoje tem uma clínica veterinária pública, deve ser inaugurada nos próximos dias, depende da gestão atual e ela só existe porque nós enviamos recursos para Fortaleza. Existe uma pauta animal que foi construída politicamente, divulgada, manifestada, porque nós tivemos coragem de compreender e entender a intenção e o quanto isso é importante para o direito desses animais inocentes e que precisem ser cuidados", frisou.

Durante a entrevista, ele ainda alfinetou adversários, criticando aglomerações em atos de campanhas pela Capital. "A nossa estratégia acima de tudo é fazer uma campanha que respeita o momento que a gente está vivendo, ser coerente e ter respeito com a Saúde da população. Mostrar para a população que, enquanto irresponsáveis estão fazendo carreatas, aglomerando, transmitindo a Covid-19, nós estamos fazendo uma campanha de conscientização e elencando apenas visitas a institutos, obras sobre entidades sociais da primeira infância, de pessoas com deficiência", citou.

Célio Studart se colocou como um candidato independente, nem de "oposição" e nem de "situação". "Eu sou deputado federal, não tenho como ser base ou não do prefeito Roberto Cláudio. E o principal sinal disso é: nunca indiquei um cargo para a gestão do Roberto Cláudio, nunca indiquei um cargo para a gestão do governador Camilo Santana, nunca indiquei um cargo na gestão do presidente Jair Bolsonaro. A boa política não se resume só em ser base ou ser oposição", ressaltou. 

Entrevistas

O programa PontoPoder Eleições, da TV Diário, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 21h55, iniciou uma série de entrevistas no dia 12 de outubro com os postulantes à Prefeitura de Fortaleza. Os candidatos de partidos que têm representação mínima na Câmara dos Deputados determinada pela legislação eleitoral para participação nos debates são questionados sobre suas propostas para eventual gestão municipal. O PontoPoder Eleições também é transmitido no canal do PontoPoder no YouTube e no site do Diário do Nordeste.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política