Bolsonaro encontra arcebispo do Rio e assina compromisso

Presidenciável do PSL disputa com Haddad o voto religioso


Jair Bolsonaro visitou nesta quarta-feira (17) o arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta. O presidenciável do PSL disse que assinou uma compromisso "em defesa da família, em defesa da inocência da criança na sala de aula, em defesa da liberdade das religiões, contrário ao aborto, contrário à legalização das drogas". O candidato resumiu o conteúdo do documento afirmando que se trata de "um compromisso que está no coração de todo brasileiro de bem".

>> General quer filho de Bolsonaro na chefia da Câmara
>>Bolsonaro quer destravar projetos de infraestrutura com dinheiro privado

O capitão reformado do Exército disputa o voto religioso com o adversário, o petista Fernando Haddad (PT). Na semana passada, o ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo encontrou com o clero da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e também se comprometeu com propostas defendidas pela Igreja Católica.

Após visitar o arcebispo, Bolsonaro foi à Superintendência da Polícia Federal, na região portuária.  Ao sair do prédio, não quis responder se esteve com o superintendente da PF, e disse apenas que foi agradecer ao trabalho dos policiais, responsáveis por sua escolta.

"Eu tenho profunda admiração por eles", afirmou. Questionado sobre se havia firmado algum compromisso com a instituição, disse que isso já está "no sangue".

"É o compromisso é que tá no sangue nosso. É defender a pátria, combater à corrupção e querer um Brasil melhor para todo mundo. Eu vim agradecer o apoio que eles estão dando para mim na segurança. Está em lei [a escolta], mas o reconhecimento é muito importante."

Quero receber conteúdos exclusivos sobre política

Assuntos Relacionados