Bolsonaro chora ao ouvir 'Evidências' em quarto de hospital

A canção foi cantada por uma dupla de músicos que se apresenta no hospital Albert Einstein há mais de uma década

Escrito por FolhaPress,

Política

Internado há cinco dias em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro se emocionou ao ouvir 'Evidências', clássico sertanejo escrito pelo letrista Paulo Sérgio Valle em parceria com o cantor José Augusto e popularizado na década de 1990 pela dupla Chitãozinho e Xororó.

A canção, uma das mais pedidas em karaokês do país, foi cantada por uma dupla de músicos que se apresenta no hospital Albert Einstein há mais de uma década, onde o presidente está internado. 

Marcia e Marco, como o presidente os identificou, perguntaram de qual ritmo Bolsonaro gostava. Ele respondeu que gosta de música caipira e sugeriu Tonico e Tinoco para os cantores, que disseram não saber tocar canções da dupla. A oferta de uma música de Chitãozinho e Xororó foi bem recebida pelo presidente, e ele aparece em vídeo emocionado enquanto assiste à apresentação.

"Uma simples, mas grande homenagem. Parabéns, Marcia e Marco pelo talento e por proporcionar este momento tão especial em minha vida!", escreveu Bolsonaro em postagem nas redes sociais em que divulgou o vídeo.

O presidente se recupera de uma cirurgia à qual foi submetido na segunda-feira (28) para reconstrução do trânsito intestinal em decorrência da facada sofrida em setembro de 2018.

Videoconferência

O presidente Jair Bolsonaro se reuniu na manhã de hoje (1°), por vídeoconferência com o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno. Ele continua atento ao noticiário, enquanto se recupera da cirurgia que reconstruiu o trânsito intestinal, após receber uma facada durante a campanha eleitoral.