Bolsonaro afasta presidente da Ancine, Christian de Castro

A informação foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União nesta sexta (29)

Escrito por FolhaPress,

Política
Legenda: Bolsonaro afasta presidente da Ancine, Christian de Castro
Foto: Clara Angeleas/Secretaria Especial da Cultura

O presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto em que afasta Christian de Castro da diretoria da Agência Nacional de Cinema, a Ancine. A informação foi publicada em uma edição extra do Diário Oficial da União nesta sexta (29).

Presidente da Ancine, Christian de Castro, durante seminário sobre video on demand no MIS Zanone Fraissat - 24.jan.2018/Folhapress Presidente da Ancine, Segundo o documento, o afastamento cumpre uma decisão judicial proferida pela 5ª Vara Federal Criminal do Rio. O processo corre em sigilo.

Christian de Castro tinha sido nomeado diretor-presidente no início do ano passado, e seu mandato deveria se estender até 2021.

Em abril deste ano, ao ser confrontado com determinações do Tribunal de Contas da União para que revisse as formas como a agência fiscaliza as contas do projetos que aprova, Castro publicou um despacho paralisando todas as atividades na agência, incluindo a liberação de novos recursos para filmes e séries.

No mesmo decreto, Bolsonaro nomeou Alex Braga Muniz, membro da diretoria colegiada da Ancine, para substituir Castro em caráter temporário.

O afastamento acontece em um momento em que o governo busca estabelecer mais controle sobre a Ancine. O presidente inclusive afirmou que pretendia extinguir a agência caso não pudesse implantar um "filtro de conteúdo" – intenção encarada como censura pelo setor.