Seleção para Escola de Saúde Pública do Ceará tem 26 vagas abertas e salário de até R$ 8 mil

Bolsista contratado vai atuar junto às demandas do projeto de farmácia clínica e no gerenciamento dos medicamentos e recursos econômico nos hospitais da Secretaria de Saúde.

Escola de Saúde Pública do Ceará
Legenda: Escola de Saúde Pública do Ceará abriu a seleção até o dia 16 de maio
Foto: Deborah Muniz/Divulgação

A Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP-CE) anunciou a realização de um novo processo seletivo com 26 vagas destinadas à seleção de bolsistas. A remuneração varia entre R$ 1.200 a R$ 8.000.

O profissional admitido vai atuar junto às demandas do projeto de farmácia clínica e no gerenciamento dos medicamentos e  recursos econômico nos hospitais da Secretaria de Saúde do Ceará

As oportunidades são para as seguintes áreas de atuação:

Bolsa de Extensão Tecnológica: 

  • Graduado em farmácia, enfermagem ou medicina (10 vagas); 
  • Graduado em farmácia ou medicina (1 vaga);
  • Especialista em farmácia ou medicina com pós-graduação (8 vagas); 
  • Profissional com graduação e mestrado na área da saúde (4 vagas); 
  • Profissional com graduação e mestrado na área da saúde (1 vaga)
  • Profissional com graduação em estatística e doutorado em economia (1 vaga).

Bolsa de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação: 

  • Graduado em farmácia, enfermagem ou medicina;
  • Graduado em administração pública ou gestão de políticas públicas.

Bolsa de Pesquisador Pleno: 

  • Graduado em farmácia ou medicina, com doutorado em ciências farmacêuticas ou ciências medicas (1).

Como concorrer?

Para concorrer a uma das chances ofertadas, é necessário que o candidato possua escolaridade e titulação na respectiva área do cargo pleiteado. Ao ser contratado, o profissional deve exercer funções em jornadas de 20 a 40 horas semanais. A inscrição é gratuita. 

Os interessados em participar do processo seletivo, podem se inscrever de forma eletrônica até o dia 16 de maio, por meio do site da ESP-CE. (Confira o edital completo)

Provas

Os candidatos serão avaliados passarão por uma avaliação no dia 20 de maio, às 14h. A prova terá duração máxima de duas horas e consistirá em questões que envolvem as disciplinas de língua portuguesa, legislação do SUS e administração pública. 

Além desta, os candidatos serão submetidos à fase de avaliação curricular entre 20 a 27 de maio.
Vigência

De acordo com o edital de abertura, o processo seletivo terá validada durante 12 meses, contado a partir da publicação da homologação, com possibilidade de ser prorrogado uma única vez por igual período.

Quero receber conteúdos exclusivos do Papo Carreira