Morre funcionária de mulher diagnosticada com coronavírus no RJ; caso é investigado

O teste da mulher quanto ao vírus, no entanto, só ficará pronto em 24 horas

Foto: Foto: Shutterstock

A Prefeitura de Miguel Pereira, município do interior do Rio de Janeiro, divulgou nota nesta terça-feira, 17, em que anuncia a morte de uma mulher de 63 anos com sintomas do coronavírus. O teste da mulher quanto ao vírus, no entanto, só ficará pronto em 24 horas.

"A paciente trabalhava na capital e esteve em contato direto com sua empregadora, que chegou da Itália e testou positivo para o covid-19", informou a nota da prefeitura. Segundo a administração, a mulher foi internada no Hospital Municipal Luiz Gonzaga "já em quadro grave, vindo diretamente de seu ambiente de trabalho para a unidade de saúde", e morreu nesta terça-feira.

A secretaria de Saúde do Rio de Janeiro afirmou que "não há confirmação sobre óbito por coronavírus no Estado do Rio" e que "embora a Prefeitura de Miguel Pereira tenha divulgado morte de mulher com sintomas compatíveis aos relatados para Covid-19, o material da paciente acaba de chegar ao Laboratório Central Noel Nutels (Lacen-RJ), única unidade estadual capaz de realizar o teste para confirmar ou descartar o vírus". O resultado do exame deve ser divulgado em 48 horas, diz a pasta.

Ceará

No Ceará, a Secretaria da Saúde (Sesa) confirmou, nesta terça-feira (17), 11 casos de coronavírus no estado. Outros 159 casos estão em investigação e 102 foram descartados. Os pacientes infectados residem em Aquiraz(1), Fortaleza (9) e São Paulo (1).


Categorias Relacionadas