Governo do Paraná anuncia que vai assinar acordo com Rússia para produzir vacina

Acordo prevê que estado brasileiro possa fazer testes, produzir e distribuir a vacina Sputnik V, desenvolvida pela Rússia

Governo do Paraná irá assinar um acordo com a estatal russa para produzir a vacina Sputnik V, de combate ao novo coronavírus.
Foto: Fotos públicas

O Governo do Paraná anunciou que vai assinar na quarta-feira (12) um acordo com a estatal russa para produzir a vacina Sputnik V, de combate ao novo coronavírus. O anúncio foi feito nesta terça-feira (11), pelo governo do estado brasileiro. As informações são do portal G1.

Putin anuncia a 'primeira' vacina contra o coronavírus

EUA, Reino Unido e Canadá acusam Rússia de tentar roubar dados sobre vacina para Covid-19

OMS recorda necessidade de 'procedimentos rigorosos' após anúncio de vacina russa

De acordo com o portal, o acordo prevê que o Paraná possa fazer testes, produzir e distribuir a vacina. A previsão é que o documento seja assinado pelo governador Ratinho Júnior (PSD) e o embaixador da Rússia, nesta quarta à tarde.

Segundo o governo, após a assinatura do acordo, o passo seguinte será o compartilhamento do protocolo russo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para que a agência libere todas as etapas. A data para o início da ação depende da liberação do órgão.

presidente da Rússia Vladimir Putin anunciou a primeira vacina contra o novo coronavírus nesta terça-feira. Segundo ele, a própria filha tomou a vacina.  

"Esta manhã, pela primeira vez no mundo, foi registrada uma vacina contra o novo coronavírus", disse Putin. "Sei que é bastante eficaz, que dá uma imunidade duradoura", completou.

Organização Mundial da Saúde (OMS) reagiu com prudência ao anúncio da nova vacina e recordou que a "pré-qualificação" e a homologação deste tipo de imunizador devem passar de "procedimentos rigorosos".


Você tem interesse em receber mais conteúdo do Brasil?

Assuntos Relacionados