Eike Batista é preso em nova fase da Lava Jato no Rio de Janeiro

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas

Legenda: O empresário, que já foi o homem mais rico do Brasil, foi condenado a 30 anos de prisão por corrupção ativa e lavagem de dinheiro
Foto: Foto: Agência Brasil

O empresário Eike Batista foi preso pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (8), em nova fase da Lava Jato.

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Marcelo Bretas, responsável pela operação no Rio de Janeiro. Os policiais federais cumprem ainda outro mandado de prisão e outros cinco de busca e apreensão, segundo o portal G1.

Eike Batista chegou a ser preso em janeiro de 2017, quando desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio, ao chegar do exterior. Ele ficou no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, até abril daquele ano, quando passou a cumprir prisão domiciliar após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

O empresário, que já foi o homem mais rico do Brasil, foi condenado a 30 anos de prisão por corrupção ativa e lavagem de dinheiro no mesmo processo em que o ex-governador Sérgio Cabral foi sentenciado a 22 anos e 8 meses de prisão.