Criança de 11 anos mata padrasto que agredia mãe e irmão com facada em São Paulo

Uma equipe de socorro foi chamada, mas quando chegou ao local, a vítima já estava morta

Legenda: O caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas nesta terça-feira (11). 
Foto: Reprodução/EPTV

Uma criança de 11 anos matou o padrasto na noite de segunda-feira (10) na cidade de Campinas, em São Paulo. Segundo a Polícia Civil, a criança utilizou uma faca para proteger a mãe e o irmão mais velho que eram agredidos pela vítima. O caso foi registrado no plantão da Polícia Civil na madrugada desta terça (11). 

Ainda segundo a polícia, o padrasto de 43 anos, agredia a mulher e o filho de 15 anos frequentemente. A companheira disse em depoimento que o homem era ciumento.  Ela afirmou durante que na noite de segunda-feira, depois de uma discussão do casal, o padrasto agrediu novamente a mulher e depois o adolescente.  

Já a criança disse para a polícia que viu o irmão sendo agredido e então pegou uma faca para "cutucar" o padrasto, e que não tinha a intenção de machucá-lo. Ela relata que teria cutucado o homem duas vezes, "sem ver onde tinha o atingido".

Golpe no pescoço

O padrasto ficou ferido e caiu do lado de fora de casa. A equipe de socorro foi chamada, mas quando chegou, a vítima já se encontrava morta. Os socorristas afirmaram que o padrasto sofreu um corte no pescoço e o sangramento provocou a morte rapidamente. 

O delegado da 2ª Delegacia Seccional que registrou a ocorrência destaca que, diante do que foi apurado, o padrasto "reiteradamente praticava agressões contra a companheira e seus enteados", terminado com "este fatídico evento", em que a "criança com apenas 11 anos de idade agiu sob forte emoção e apenas golpeou o agressor, para que o mesmo interrompesse a severa agressão contra o irmão". 

O caso será apresentado ao Ministério Público e à Vara da Infância e Juventude. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil