Brasil bate novo recorde diário e chega a 1.349 mortes por Covid-19 em 24 horas

O boletim desta quarta foi publicado com atraso, "devido a problemas técnicos", segundo o Ministério da Saúde

Legenda: O Ceará já realizou quase 220 mil testes para identificação da doença.
Foto: AFP

O balanço diário divulgado nesta quarta-feira (3) pelo Ministério da Saúde aponta que o Brasil registrou um novo recorde diário, com 1.349 mortes por Covid-19 em 24 horas, chegando a 32.548 vítimas e 584.016 casos confirmados da doença. 

O boletim desta quarta foi publicado com atraso, excepcionalmente às 22h, "devido a problemas técnicos", informou a Pasta. 

Em relação ao boletim publicado pela Pasta nesta terça-feira (2), quando o total de pessoas infectadas estava em 555.383, houve um acréscimo de 28.633 diagnósticos positivos do novo coronavírus (Sars-Cov-2). 

Do total de casos confirmados, 312.851 estão em acompanhamento e 238.617 foram recuperados.

Com as novas cifras, o Brasil se mantém como o segundo país a concentrar o maior número de contágios no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Hoje, o Brasil é o país mais afetado pela pandemia na América Latina.

Covid-19 nos estados

Em relação à distribuição dos casos e mortes por complicações do novo coronavírus por estado, São Paulo continua a registrar mais casos e mortes pela doença, com 123.483 confirmações e 8.276 mortes. O Rio de Janeiro é o segundo do país, com mais 59.240 casos e 6.010 mortes. Em seguida, vem o Ceará, com 56.056 diagnósticos positivos para a doença e 3.605 óbitos.