Aprovados no Encceja Nacional 2019 podem solicitar os certificados; saiba como

Resultados estão disponíveis na Página do Participante.

Foto: Foto: Divulgação


Os resultados do Encceja 2019 foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) na última segunda-feira, dia 9. Os participantes que alcançaram a nota mínima exigida nas quatro áreas do conhecimento e na redação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) já podem solicitar a certificação para o grau que pleitearam o diploma, no Ensino Fundamental ou Médio.

Estão aptos para pedir o certificado quem atingiu, no mínimo, 100 pontos nas provas objetivas e 5 pontos na redação. Aqueles que atingiram os 100 pontos em uma área do conhecimento, ou em algumas áreas do conhecimento, mas não em todas, podem solicitar a Declaração Parcial de Proficiência. Os resultados estão publicados no sistema Encceja, que podem ser acessados com o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição.

Como solicitar a certificação do Encceja 2019
As certificadoras são as Secretarias de Estado da Educação e alguns institutos federais que fizeram adesão ao Encceja.

- Secretarias Estaduais de Educação
Emitem os Certificados de Conclusão do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e, também, a Declaração Parcial de Proficiência.

- Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia
Também emitem o certificado e a declaração parcial, mas apenas para o Ensino Médio.

Mudei de cidade, e agora?
O participante que mudou de cidade ou precisa solicitar o documento em outra localidade poderá procurar alguma das unidades certificadoras. A relação de todas as instituições pode ser consultada no portal do Inep.

O que é a Declaração Parcial de Proficiência?
A declaração não é um diploma. Mas, com ela em mãos, o participante tem a oportunidade de se inscrever na próxima edição do exame apenas nas áreas de conhecimento em que não alcançou as notas necessárias.

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO ESPECIAL
logo educa mais brasil
Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil