Grupo comprador do Colégio 7 de Setembro planeja construir mais uma unidade em Fortaleza

Foco será a região Sul da capital cearense. Negociação entre as duas empresas ainda depende de aprovação do Cade

Colégio 7 de setembro
Legenda: Colégio 7 de Setembro está entre os mais tradicionais do Ceará
Foto: Divulgação

Em processo de aquisição do Colégio 7 de Setembro (C7S), a Rede Inspira planeja, após a concretização do negócio, erguer uma nova unidade da escola em Fortaleza.

Conforme apurou esta Coluna com fontes que participaram de reuniões internas sobre a transição da gestão, o plano é que o novo colégio fique na região Sul da capital, cujo mercado educacional vem ganhando efervescência nos últimos anos com a presença de grandes escolas privadas.

Hoje, como consta em seu site oficial, o C7S possui três sedes e mais de 200 salas de aula.

Acionada, a assessoria da Inspira afirmou apenas que "a negociação segue em avaliação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)".

A compra do grupo educacional cearense ainda depende da aprovação da autarquia federal que, neste mês, divulgou edital tornando público o processo.

Aquisição da totalidade dos negócios

Os documentos apontam que a Inspira, caso receba sinal verde do Cade, vai adquirir a tradicional escola cearense na "totalidade do negócio relacionado à prestação de serviços de educação
básica e cursos pré-vestibular e seus ativos correspondentes".

O negócio abrange todas as escolas do 7 de Setembro e ainda a Ipiranga, uma editora pertencente ao Grupo, mas deixa de fora a Uni7, braço de Ensino Superior.

A Inspira é uma holding que tem por objeto a participação no capital de outras empresas atuantes nos setores de ensino básico e pré-vestibular no Brasil.

Desde que a empresa recebeu, em 2020, investimento do Banco BTG Pactual, é atualmente detida por dois fundos de investimento geridos pelo Banco e por outros acionistas minoritários. A rede atua em vários estados.



Assuntos Relacionados