Decisão de reajuste da conta de energia no Ceará é adiada para 22 de abril

Anúncio estava previsto para hoje (20), mas foi postergado pela Aneel

conta de energia
Legenda: Conta de energia deve ficar mais cara a partir do dia 22 de abril
Foto: Helene Santos

Em reunião pública hoje (20), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) adiou para quinta-feira (22), o anúncio do reajuste tarifário anual da Enel Ceará, que deve afetar 3,9 milhões de consumidores, entre residenciais, comerciais e industriais. A decisão estava prevista inicialmente para hoje.

Ainda assim, os índices entram em vigor a partir de 22 de abril para os consumidores cearenses, conforme garantiu André Pepitone, diretor-geral da Aneel.

O adiamento também afetou os reajustes de outras concessionárias de energia elétrica cujos processos também estavam previstos para esta terça-feira.

Preocupação no setor produtivo

De acordo com fontes do setor produtivo ouvidas pela Coluna, havia preocupação de aumento na casa dos 20% no Ceará, contudo, em recente reunião entre empresários e a diretoria da Aneel, foi asseverado pela Agência que a alta ficaria em "apenas um dígito", portanto, abaixo de 10%.

Fatores como a variação cambial, a correção dos custos da distribuidora pelo IGP-M e o cenário hidrológico adverso podem catapultar o reajuste.

Como foi em 2020

No ano passado, o reajuste médio aprovado pela Aneel havia sido de 3,94%, O aumento para consumidores de baixa tensão, em sua maioria clientes residenciais, foi de 4,0%, e para os clientes de média e alta tensão – indústrias e grandes comércios –, o índice aprovado foi de 3,78%.



Assuntos Relacionados