Expectativa de leve melhora na demanda faz Gol aumentar voos em Fortaleza

gol
Empresa terá voos para Brasília, Recife e Rio de Janeiro Foto: Kléber A. Gonçalves

As companhias aéreas já estão sinalizando o retorno gradual prometido para maio. Além da Azul Linhas Aéreas, que vai retomar aos poucos suas operações em Fortaleza, a Gol também anunciou que vai aumentar a malha no fim deste mês, a partir do dia 24. 

Em Fortaleza, onde a companhia tem atualmente apenas um voo diário para o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, a empresa vai operar mais 11 decolagens. 

Serão três saídas semanais para Brasília e Recife e cinco por semana para o Rio de Janeiro

A Gol justificou a decisão dizendo que há expectativa de leve aumento de demanda a partir deste mês. 

Apesar da decisão, o número de decolagens previsto para o fim de maio não recupera nem de longe as perdas que a Gol viu em Fortaleza. 

Antes da pandemia, a empresa tinha até 25 decolagens por dia na Capital. No fim do mês, serão 11 decolagens por semana, uma redução de quase 10 vezes em um momento em que a indústria projeta uma recuperação lenta e gradual do setor.

Ainda assim, a decisão da Gol é uma sinalização de que o mercado inicia uma trajetória de retomada. 

Há um caminho longo a ser percorrido até que as operações em Fortaleza voltem ao normal. Obviamente, isso não depende unicamente das companhias. Existe todo o contexto sanitário, de curvas de contaminação e mortes pela covid-19.

A Gol, uma das mais afetadas pela crise, também anunciou que vai retomar alguns voos nas cidades de Natal, Salvador, João Pessoa e Recife. 

Hoje, diante do grave cenário da pandemia no Ceará, o Aeroporto encontra-se praticamente vazio, com ao menos duas operações de passageiros por dia e uma redução de 90% no fluxo de passageiros.