Tom Prado, da Itaueira, diz: "Momento é de cautela"

O CEO e sócio da empresa cearense diz que suas atividades estão indo bem com incrementos operacionais e de produtividade mas sem expansão física, aguardando o que acontecerá em 2022. E mais: 1) Um comentário sobre a conjuntura; 2) AJE recebe Elias Leite; 3) BR-116 pede socorro

Para o empresário Tom Prado, CEO da cearense Itaueira Agropecuária, que produz frutas, hortaliças, sucos e camarão no Ceará, na Bahia, no Rio Grande do Norte e no Piauí, o momento atual da economia brasileira “é de cautela”. 

Por esta razão, os planos de investimento para a ampliação dos negócios da empresa estão sendo protelados para depois de 2022, ano de eleição do presidente da República, de governadores e de senadores e deputados federais e estaduais.
 
Em ano eleitoral, recomenda o bom senso, o mais indicado é aguardar os resultados das urnas, examinar o perfil político e ideológico dos eleitos e só depois tomar as decisões. 

Tom Prado informa que as atividades da Itaueira nos quatro estados em que atua “estão indo bem, com incrementos operacionais e de produtividade em todas as áreas, mas sem expansões físicas”. 

Ele franze a testa, pensa durante alguns segundos e analisa: 

“O ano de 2022 será de eleições, temos de aguardar a estabilidade com a redução das bolhas de abastecimento e inflação de insumos, queda de juros e recuperação de poder econômico. O momento é de cautela”.

UM COMENTÁRIO SOBRE A CONJUNTURA

Atenção para o comentário a seguir, produzido pelos economistas Carlos Kawal, Gustavo Ribeiro, Débora Nogueira e Leonardo Costa, da ASA Investments:

“Nos últimos meses, o cenário macroeconômico brasileiro mostrou sensível piora, notadamente para o ano de 2022, mesmo com a melhora no enfrentamento da pandemia.

“Apesar da redução das estimativas de crescimento, há alta contínua das projeções da inflação, não deixando outra opção para o Banco Central que não elevar a taxa Selic para território ‘significativamente contracionista’.

“A deterioração das expectativas, contudo, não se relaciona com fundamentos melhores no que toca o setor externo e mesmo as contas públicas de curto prazo, com menor crescimento da relação dívida/PIB.

“A incerteza liga-se às recorrentes tentativas do governo e de sua base de apoio, fragilizando as regras fiscais, em especial o teto dos gastos.

“Em um cenário de desorganização fiscal, é possível que tenhamos no ano de 2022 um quadro semelhante ao final do governo Dilma, com retração do PIB e inflação de dois dígitos, ou seja, de estagflação” (estagnação com inflação).
Está na hora de orar a Deus.

AJE RECEBE ELIAS LEITE, DA UNIMED

Sexta-feira, 15, ao meio-dia, a Associação do Jovens Empresários (AJE) retomará seus almoços empresariais de forma presencial, em grande estilo.

Para inaugurar a nova fase do programa, a AJE convidou o presidente da Unimed Fortaleza, médico Elias Leite, que ganhou destaque pela maneira expedida, competente e transparente com que gerenciou a crise causada pela pandemia da Covid 19.

O coordenador-geral da AJE, Igor Pinheiro, disse à coluna que Elias Leite “é um exemplo de líder empresarial, pois, além de pensar a parte psicológica do negócio, com a campanha “Vai dar Certo”, revelou a resiliência da Unimed Fortaleza, a respeito do que ele falará para os jovens empresários.

COMENDA BENI VERAS

Elano Guilherme, presidente do Sindconfecções, e Danadette Andrade Nunes, a Dana, superintendente da seção cearense do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-Ceará), foram eleitos para receber a Comenda Beni Veras com a qual a Fiec, o Sindroupas e o Sindconfecções homenageiam anualmente personalidades que contribuem para o crescimento do setor industrial da moda neste Estado.

O nome de Elano Guilherme obteve 95% dos votos dos associados do Sindconfecções.

A data de entrega da comenda será marcada pela presidência da Fiec.

EMBRAER VENDE MAIS 100 PHENOM 300

Depois de entregar mais de 100 jatos executivos Phenom 300 - uma das aeronaves mais requisitadas pelos clientes da NetJets - a Embraer e a NetJets assinaram um acordo para até 100 aeronaves adicionais, totalizando mais de US$ 1,2 bilhão. 

O acordo prevê que a NetJets começará a receber o modelo Phenom 300E da nova encomenda no segundo trimestre de 2023, para operação nos Estados Unidos e Europa.

O primeiro acordo de compra da NetJets, assinado em 2010, contemplou 50 pedidos firmes para os jatos executivos Phenom 300, mais opções de até 75 aeronaves adicionais. 

Com este novo pedido, que inclui um abrangente contrato de serviços, a NetJets não apenas reforça seu compromisso em criar uma experiência aprimorada para o cliente, à medida que a demanda por aviação privada continua a crescer, mas também sua confiança no inovador portfólio da Embraer para oferecer a experiência perfeita a seus clientes.

BR-116 PEDE SOCORRO

Alô, Dnit-Ceará! 

A rodovia BR-116 está pedindo socorro no trecho entre Fortaleza e Chorozinho. Há buracos que, por causa do tráfego intenso e pesado, crescem à medida que os dias passam. 

E faltam, também, balanças para aferir o peso dos caminhões, o que contribui para a deterioração do pavimento da rodovia, a mais movimentada do Ceará.