Por causa da pandemia, receita da Ambev cai 1,6%, mas chega a R$ 12,6 bilhões

Na operação do Brasil, os números da Ambev também ficaram abaixo do ano anterior, em comparação ao mesmo trimestre. O volume total atingiu 25 milhões de hectolitros, ante 27,5 milhões no período em 2019. Já a receita líquida da companhia no Brasil totalizou R$ 6,5 bilhões, com redução de 9,6%

O primeiro trimestre de 2020 trouxe uma série de adaptações nas formas e hábitos de consumo da população. 

Num contexto global de diminuição do consumo de bebidas alcoólicas por conta do Covid-19, a Ambev teve leve redução de 1,6% em sua receita líquida consolidada em comparação com o primeiro trimestre do ano anterior, totalizando R$ 12,6 bilhões.

O volume consolidado da companhia, em comparação ao mesmo período de 2019, teve queda de 5,6% totalizando 39 milhões de hectolitros.

Já o lucro líquido consolidado atingiu R$ 1,2 bilhão.

Desde o início de março, a companhia estabeleceu comitês de crise em suas regiões, responsáveis por garantir a saúde e segurança dos seus funcionários e implementar medidas de mitigação do impacto da pandemia em seus resultados e de suporte às comunidades. Entre as iniciativas para mitigação do impacto nos resultados, a companhia reforçou o caixa, por exemplo, com a suspensão de despesas com viagens, projetos de consultoria e novas contratações, e uma revisão de investimentos de mídia. A companhia também está revisando todos os projetos de investimento, custos e despesas.

Na operação do Brasil, os números da Ambev também ficaram abaixo do ano anterior, em comparação ao mesmo trimestre. O volume total atingiu 25 milhões de hectolitros, ante 27,5 milhões no período em 2019. Já a receita líquida da companhia no Brasil totalizou R$ 6,5 bilhões, com redução de 9,6% quando comparada ao primeiro trimestre do ano passado. O Ebtida somou R$ 2,2 bilhões no período.

Com o fechamento de bares e restaurantes, a Ambev desenvolveu algumas iniciativas de apoio e fomento a esses negócios. A Stella Artois criou o movimento Apoie um Restaurante, em que o consumidor pode comprar vouchers para futuros jantares em restaurantes, cafeterias e docerias, com desconto de 50%. Já a cerveja Bohemia criou o Ajude um Buteco, para que o consumidor compre vouchers para consumir depois, em seu boteco de preferência. No total, foram quase 15 mil negócios cadastrados e beneficiados pelas iniciativas, com mais de 130 mil vouchers vendidos.

O isolamento social também mudou a forma de compra e consumo de bebidas da Ambev, por exemplo com o uso de canais próprios, como o e-commerce e o delivery nas plataformas Zé Delivery, Empório da Cerveja e Sempre Em Casa. Mesmo que, em volume, ainda estejam muito distantes do equivalente aos canais tradicionais, foram fundamentais para que as marcas da companhia se mantivessem próximas aos consumidores. Em março, foram mais de 600 mil entregas realizadas pelo Zé Delivery, número que aumentou para 1 milhão em abril.

Outra iniciativa da companhia pensando na experiência do consumidor durante a quarentena foi a criação do site Cerveja.com.vc, um hub de e-commerce da bebida, que reúne diferentes plataformas e serviços como seus canais próprios, além de James, Rappi, Magalu, Carrefour, Clube Extra, entre outros, permitindo ao consumidor fazer a compra conforme sua preferência – sendo a entrega da cerveja gelada, em poucos minutos, ou até programando compras periódicas.

Nesse cenário, a companhia segue investindo em sua estratégia de longo prazo, apostando na diversificação do portfólio e no desenvolvimento de inovações e tecnologia que vão ao encontro das tendências de consumo atuais. No Brasil, o Carnaval aproximou o público de importantes lançamentos como Skol Beats GT e Skol Beats 150 BPM, ambos presentes nos principais eventos da época pelo País, tendo rapidamente conquistado os consumidores nos dias de folia

“O primeiro trimestre foi marcado por dois momentos. O desempenho pré-Covid foi em linha com o esperado. Com a chegada da pandemia, o quadro mudou. Tivemos que nos adaptar a essa realidade pra lidar com o curto prazo, mas sem perder de vista as iniciativas-chave para sairmos mais fortes dessa crise: acelerar nossas principais apostas de inovação, estar ainda próximos dos consumidores de formas inovadoras, como as lives, e fortalecer nossos canais digitais”, comenta Lucas Lira, diretor de Finanças e Relações com Investidores.




ÚLTIMAS HORAS PARA GARANTIR SUA ASSINATURA ANUAL COM 50% DE DESCONTO

Tenha acesso ilimitado a conteúdos exclusivos!

Análises de especialistas, coberturas sobre esporte, política, economia e muito mais.

ASSINE JÁ