O Apple Car vem aí mesmo ou é apenas mais uma lenda urbana?

Gigante da telefonia e computação tenta entrar no mercado automobilístico e pode lançar um carro elétrico e autônomo até 2025

O Apple Car será um novo marco positivo na história da empresa ou se juntará a alguns fracassos da marca?
Legenda: O Apple Car será um novo marco positivo na história da empresa ou se juntará a alguns fracassos da marca?
Foto: Josh Edelson / AFP

Nos últimos dias notícias dão conta que o projeto do Apple Car, o carro elétrico e autônomo da empresa, está em desenvolvimento. Para sair do papel, a Apple teria procurado Hyundai e Nissan. Porém, nem a empresa sul-coreana quanto a japonesa avançaram no projeto. A busca por um parceiro segue firme. Especula-se que o lançamento ocorra em algum momento entre 2024 e 2025, ou seja, não estaria muito longe.

A dúvida é saber se alguma montadora já consolidada no mercado estaria disposta a criar um carro que, futuramente, poderia atrapalhar os próprios negócios. 

O CEO da Volkswagen, Herbert Diess, disse para a Reuters, que não há temor, ao menos da empresa dele, com a entrada da Apple no negócio. E, segundo ele afirmou à Reuters, o não temor está no fato de, entrando no setor automobilístico, a Apple seria uma novata e que não é da noite para o dia que ela poderia assumir o controle do mercado.

Mesmo sabendo da força da Apple nos setores que está hoje participando, o que Diess falou é uma verdade. Além de não ter experiência no setor, ultimamente, mesmo nos ramos onde tem domínio como telefonia e computação, sua força já não é a mesma de outrora. Muitos analistas já não vibram a cada lançamento da gigante de Cupertino. Ela já não traz as quebras de paradigma como nos tempos de Steve Jobs.

Perfeito. Medo eles não têm, ao menos agora. Porém, alguma empresa irá ajudar a Apple no desafio de criar e lançar um carro autônomo e elétrico que irá concorrer com os produtos deles próprios? Seria uma parceria com começo e fim definidos?

Logicamente que a Apple ainda é um jogador forte e poderoso. Com muito dinheiro em caixa, um projeto ambicioso e atual como um carro elétrico e autônomo pode dar certo. Por certo o tal automóvel terá, de sobra, beleza, sofisticação e muita tecnologia de ponta, além do velho atrativo: ecossistema próprio e eficiente. Tudo isso pode atrair muita gente. Mas será que o carro fará os amantes do setor se empolgarem para valer depois de alguns dias rodando com ele? 

Outra questão é o preço. Conhecendo a Apple, não espere nada que seja barato. As informações que rolam deixam claro que o carro será um produto de alta tecnologia, ou seja, deve ter um preço para poucos. Não espere uma alternativa mais em conta que um Tesla, por exemplo. Facilmente o modelo mais básico deverá ser mais caro que um Tesla. Eu chuto até que será quase o dobro de um Tesla.

Logicamente ainda estamos totalmente no campo da suposição. Não sabemos que Apple virá com o carro elétrico e autônomo. A brilhante e disruptiva dos tempos de Steve Jobs? Ou a quase normal e sem a mágica dos atuais dias de Tim Cook? Veremos!