Game Fortnite é banido da loja oficial da Apple

Google também tirou o jogo da loja oficial para Android

Fortnite foi banido da loja oficial da Apple
Legenda: Fortnite foi banido da loja oficial da Apple

E o game Fortnite, da Epic Games, que rendeu, só ano passado, US$ 1,8 bilhão para a Epic, está banido da App Store, a loja oficial de aplicativos e games da Apple para iPhones e iPads. Pois bem, a empresa afirmou que a decisão foi baseada em uma violação das diretrizes da loja virtual da Apple. A Epic desenvolveu uma forma de cobrar dentro do jogo sem passar pela gigante de Cupertino. A Epic criou seu próprio sistema de cobrança e deu descontos fixos de 20% para os clientes que compram agora direto dela. Claro que os gamers adoraram, mas a Apple odiou.

“Hoje, a Epic Games deu o passo infeliz de violar as diretrizes da App Store que são aplicadas igualmente a todos os desenvolvedores e projetadas para manter a loja segura para nossos usuários. Como resultado, seu aplicativo Fortnite foi removido da loja. A Epic habilitou um recurso em seu aplicativo que não foi revisado ou aprovado pela Apple, e o fez com a intenção expressa de violar as diretrizes da App Store em relação aos pagamentos no aplicativo que se aplicam a todos os desenvolvedores que vendem produtos ou serviços digitais", informou nota da Apple.

A Apple, assim como o Google, cobra um percentual de 30% dos aplicativos e jogos disponibilizados em sua loja virtual. A Epic Games já vinha mostrando descontentamento desde 2018 e agora criou o sistema de pagamentos internos numa tentativa de evitar este custo a mais. A Apple não gostou e o jogo está fora da loja oficial. Quem já o tinha baixado seguirá jogando sem problemas, mas quem tentar baixar a partir de agora não o conseguirá.

Para sempre?

Pelo comunicado enviado pela Apple para nós, a decisão de banir Fortnite pode não ser definitiva. Mas, para isso, Epic Games deverá aceitar e não violar mais as diretrizes da loja. Isso é possível, mas, segundo o The Verge, a empresa está decidida de lutar contra a cobrança de percentual que considera muito alto. 

Por fim, a Apple garante que seguirá conversando com a Epic para tentar uma solução. “A Epic tem aplicativos na App Store há uma década e se beneficiou do ecossistema da App Store - incluindo suas ferramentas, testes e distribuição que a Apple fornece a todos os desenvolvedores. A Epic concordou com os termos e diretrizes da App Store gratuitamente e nós ' Estou feliz por eles terem construído um negócio tão bem-sucedido na App Store. O fato de seus interesses comerciais agora os levarem a exigir um acordo especial não muda o fato de que essas diretrizes criam condições equitativas para todos os desenvolvedores e tornam a loja seguro para todos os usuários. Faremos todos os esforços para trabalhar com a Epic para resolver essas violações para que eles possam devolver o Fortnite à App Store”, conclui a Apple. Detalhe que como a loja para aplicativos dos computadores Mac também é a App Store, o jogo foi banido de lá também.

Fora do Android

Após nossa publicação ontem, o Google também se definiu por expulsar o Fortnite pelos mesmos motivos da Apple: a Epic Games quer burlar o sistema de cobrança de 30% para vendas no app dentro da loja oficial dela para os smartphones e tablets Android. Desta forma, o mundo mobile não terá mais como baixar o jogo, ao menos por enquanto.

O jogo segue nas lojas do Xbox, PlayStation e PC, por enquanto.n

Mas é justo?

Olha, a Epic sabia das regras quando entrou no negócio. Burlar desta forma é complicado, mas não é justo uma cobrança tão elevada para o produto aparecer na vitrine oficial para produtos da Apple e ligados ao Google. Algo como 10% a 15% já seria uma boa mordida dada pelas gigantes nas empresas que vendem seus produtos por lá. Porém, acredito, mais uma vez, que a saída da Epic Games também não foi a mais apropriada. Agora, Apple e Google irão pressionar a Epic para aceitar o velho acordo e a Epic vai tentar um novo arranjo. Sozinha, duvido muito que vença a dupla. Quem sabe se outros produtores se juntarem a ela? Seria uma boa luta. Vamos aguardar!