Amazon Web Services promove AWS Certification Challenge com edição exclusiva para mulheres

Iniciativa visa certificar 300 mulheres em computação em nuvem na América Latina até o fim do ano

Desafio da AWS para mulheres
Legenda: Desafio da AWS para mulheres

A indústria de tecnologia é sabidamente um espaço predominantemente masculino. No Brasil, apenas 20% dos profissionais que atuam na área são mulheres, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em cursos de carreiras técnicas, como Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática, elas representam aproximadamente 35% na educação superior.

Ciente desse cenário, a Amazon Web Services (AWS) lança o AWS Certification Challenge: edição exclusiva para mulheres, iniciativa voltada ao público feminino que visa diminuir a brecha de gênero do setor. Mulheres do Brasil e demais países da América Latina poderão se inscrever no site e participar do desafio, que conta uma agenda de webinars, sessões técnicas fundamentais e treinamentos digitais.

"Elaboramos o AWS Certification Challenge: Edição Exclusiva para mulheres com o objetivo de contribuir para a formação profissional de mulheres, incentivando-as a concluir o exame de certificação Cloud Practicioner. Com isso, elevamos o número de profissionais certificadas em nossa região e esperamos também ajudar a impulsionar suas carreiras. O público de nossos treinamentos é majoritariamente masculino e acreditamos que temos a responsabilidade de aumentar a diversidade por meio de iniciativas como esta", explica Myrtna Kumov, Gerente Sênior de Marketing para a América Latina da área de Training and Certification da AWS.

Woman in Tech (W.it) é um evento online e gratuito que visa inspirar e promover troca de experiências e oportunidades na tecnologia
Legenda: Woman in Tech (W.it) é um evento online e gratuito que visa inspirar e promover troca de experiências e oportunidades na tecnologia

A meta é treinar ao todo 1.800 mulheres na América Latina, sendo 900 no Brasil e 900 nos demais países da região em que a empresa tem presença (Argentina, Chile, Colômbia, México e Peru). Ao final dos 30 dias do desafio, 300 vouchers de exame serão concedidos às primeiras participantes que concluam todas as etapas, para que elas façam gratuitamente a prova de certificação Cloud Practitioner. Deste total, 100 vouchers serão destinados às mulheres brasileiras.

A jornada de atividades virtuais terá início no dia 25 de novembro com o lançamento do desafio em um painel no Woman in Tech, evento organizado pela MCI Brasil e apoiado pela AWS. O último passo do desafio será participar de um webinar, no dia 18 de dezembro, em que as candidatas serão preparadas para o exame de certificação.

O Woman in Tech (W.it) é um evento online e gratuito que visa inspirar e promover troca de experiências e oportunidades na tecnologia. Voltado para o público feminino, o W.it contará com a participação de mulheres influentes como a cientista da computação e empreendedora Camila Achutti, que será mestre de cerimônias, e Nina Silva, uma das fundadoras do Movimento Black Money e colunista da MIT Sloan Review.

As inscrições vão até o dia 10 de dezembro pelo site.