Fortaleza não quer que Yuri César seja vendido pelo Flamengo, mas ganhará boa grana se isso ocorrer

Em quatro jogos pelo Fortaleza, Yuri marcou quatro gols

yuri
Legenda: Yuri César marcou o 2º gol do Fortaleza no Clássico-Rei do Cearense
Foto: Leonardo Moreira/Fortalezaec

Com o ótimo desempenho no Fortaleza, o atacante Yuri César já chama atenção de times do exterior. O Flamengo, clube que detém os direitos econômicos do jovem atleta, de 20 anos, já recusou proposta do Real Valladolid, da Espanha, e as recentes informações dão conta que a Roma, da Itália, monitora a situação do jogador. Se for vendido pelo Flamengo, Yuri César renderá boa grana ao Fortaleza.

O atleta está emprestado pelo Rubro-Negro ao Tricolor com contrato até o fim do ano, e durante esse período, o Fortaleza tem direito a 10% do valor de transferência caso o atleta seja negociado em 2020, referente à taxa de vitrine.

A proposta do Valladolid foi em torno de 3 milhões de euros (cerca de R$ 18,5 milhões na cotação atual). O Flamengo recusou por considerar o valor baixo, já deixando claro que não pretende vender Yuri César barato, tendo em vista que a multa rescisória é de 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 300 milhões). Se ocorrer algum negócio financeiramente vantajoso ao Flamengo, renderá boa grana ao Leão do Pici.

O Fortaleza não deseja que Yuri seja vendido. Quer o retorno esportivo e pretende contar com o atleta até o fim do vínculo. Até porque o atacante se encaixou rapidamente no modelo de jogo do técnico Rogério Ceni, arrancando elogios do comandante. Não é pra menos, já que marcou quatro gols e deu uma assistência em quatro jogos.

Além disso, pelo atual cenário do mercado, uma saída de Yuri implicaria na necessidade de reposição, com a contratação de um outro jogador para a função. Não necessariamente alguém melhor estará disponível, e essa questão técnica também pesa. Yuri já é visto como uma joia pelo Tricolor.

Porém, o Fortaleza não tem poder de decisão em uma eventual negociação. Se o Flamengo decidir vender, vende.

Mas é certo que, se acontecer algum negócio, o Fortaleza não ficará de mãos abanando.